Publicado por Ana Ligia
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

É de conhecimento geral que um dos principais segredos para conseguir obter uma vida saudável é através de uma boa alimentação. A falta de uma dieta equilibrada impede que consigamos ingerir nutrientes necessários para nossa saúde, dificultando o bom funcionamento do organismo.

Muito nos preocupamos em possuir uma alimentação rica em vitamina, cálcio, ferro, entre outros. Mas poucas vezes damos atenção a outro nutriente essencial para o corpo: o magnésio.

O magnésio é um mineral pouco conhecido, mas ele é primordial para inúmeras funções orgânicas. Ele é responsável, por exemplo, pela regulação do cálcio, produção de energia e o equilíbrio das funções celulares.

A deficiência do magnésio pode desencadear sintomas que vão desde cãibras até hipertensão, má circulação e problemas cardíacos.

a-importancia-do-magnesio-para-a-saude-saiba-onde-encontra-lo

Foto: depositphotos

Para conseguir atingir o porte ideal no magnésio é preciso reforçar o cardápio com alimentos ricos neste mineral. Em alguns casos, faz-se necessário o uso de suplementos, pois a absorção do nutriente é impactada por diversos fatores.

O magnésio também exerce uma importante função no sistema nervoso. A falta do nutriente pode desencadear problemas psicológicos como ansiedade, hiperatividade, insônia, cansaço e até mesmo confusão mental, depressão e convulsões.

A insuficiência do magnésio também está relacionado a diversos problemas do sistema cardiovascular, como arritmia, palpitações, anomalias no ritmo cardíaco e aumento da pressão arterial.

Mas identificar a carência do nutriente não é algo simples, mesmo com exames de laboratórios que poucas vezes têm um resultado preciso.

Alimentos ricos em magnésio

Você pode encontrar magnésio em vegetais como espinafre, brócolis, berinjela, coentro e cebolinha. “Os vegetais folhosos e hortaliças de coloração verde escura são, em geral, ótimas fontes do mineral”, revela a nutricionista Sinara Menezes.

Sementes e oleaginosas como a castanha do Pará, amêndoas, semente de girassol são alimentos riquíssimos em magnésio, mas que devem ser consumidos moderadamente por possuírem um alto teor calórico.

Você também pode encontrar o magnésio em cereais e grãos como grão de bico, linhaça, chia, aveia e o clássico feijão com arroz são boas fontes do nutriente, especialmente suas versões integrais. “Este prato, além de tradicional, é muito saudável: 100 gramas de feijão carioca contêm cerca de 176 mg de magnésio, enquanto o arroz integral concentra cerca de 43 mg do nutriente”, revela a especialista.

A banana, abacate, coco (inclusive sua água) e até mesmo o cacau são boas fontes do mineral. Mas a nutricionista adverte: “É possível adquirir magnésio comendo chocolate, por exemplo. Mas, assim como no caso das oleaginosas, é preciso cautela no consumo para não levar ao ganho de peso, o recomendável é consumir ocasionalmente e não ultrapassar as 30 gr, dando preferência as versões com alta concentração de cacau. ”

Veja mais!