Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O câncer de mama é uma doença que afeta muitas mulheres ao redor do mundo. A genética desempenha um papel importante no desenvolvimento da doença, mas o estilo de vida e fatores dietéticos também influenciam em muitos casos. A boa alimentação deveria ser um hábito para todos, mas a maioria das pessoas só percebe a importância quando surge alguma doença. Existem alguns alimentos que podem ajudar na prevenção do desenvolvimento de câncer, ou de sua propagação.

Alimentos contra o câncer de mama

Foto: Reprodução

Alimentos que vão ajudar na prevenção e tratamento desse mal

Cúrcuma: Estudos com camundongos comprovam que a cúrcuma ajuda a prevenir que o câncer de mama se espalhe para os pulmões.

Mirtilos: O fruto, de acordo com um estudo, possui fitoquímicos que trabalham em conjunto para parar o crescimento e a propagação do câncer de mama triplo-negativo, que é o pior prognóstico entre as outras formas de câncer de mama.

Tomate: Rico em licopeno, seu consumo ajuda a diminuir o risco de desenvolver câncer de mama.

Abacate: Devido ao ácido oleico, também é eficaz na prevenção do câncer de mama.

Vinho tinto: Quando consumido com moderação, pode ajudar a reduzir o risco do câncer de mama. No entanto, o consumo de mais de duas bebidas alcoólicas por dia pode aumentar o risco de câncer de mama. O vinho é ainda eficaz na redução dos efeitos da radiação em mulheres submetidas ao tratamento para o câncer. O resveratrol presente no vinho faz com que as células cancerígenas fiquem mais suscetíveis ao tratamento.

Couves de Bruxelas: Além dela, todos os vegetais crucíferos contêm glucosinatos, que são lutadores que afastam o câncer de mama e outros tipos.

Frutas vermelhas: Estas contêm fitonutrientes anticancerígenos chamados de antocianinas, que retardam o crescimento das células pré-malignas. Além disso, fornecem vitamina C, flavonoides e fibras.

Cenoura: Com o acompanhamento de 12 mil mulheres, sendo 5.700 com câncer e 6.300 saudáveis, descobriu-se que com uma dieta de controle onde duas porções da cenoura eram consumidas diariamente, reduziu-se o risco de câncer de mama em até 17%. Isso acontece pela presença do beta caroteno, que protege o DNA da oxidação evitando a formação de radicais livres. A porcentagem só pode ser atribuída a mulheres na pré-menopausa.

Uva: Os flavonoides presentes na uva ajudam a retardar o crescimento de células malignas no organismo.

Romã: A fruta inibe a ação da enzima aromatase, responsável pela produção de estrogênio e fundamental para o surgimento de células cancerígenas, por isso, é eficaz na prevenção do câncer.

Brócolis: O sulforano presente no vegetal elimina, por meio do estímulo das enzimas do corpo, substâncias que podem originar células cancerígenas no corpo. É recomendável o consumo de meia xícara de chá de brócolis ao dia.

Especiarias: Pimenta preta e curry, por exemplo, podem atuar na diminuição do aparecimento de células cancerígenas sem danificar as células saudáveis da mama.

Soja: Por conter fitoestrogênio, similar ao estrogênio natural produzido pelo corpo feminino, gera uma competição entre ambos no organismo interferindo em enzimas importantes para o desenvolvimento das células cancerígenas.

Veja mais!