Publicado por Michelle Nogueira
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A amêndoa, de nome científico prunus amygdalus, é uma semente do fruto seco da amendoeira. Pertencente à família rosaceae, é uma árvore originária do continente asiático. Muitos dizem que surgiu primeiro na China, enquanto outros supõem que se originou na Síria. Do ponto de vista nutricional, a amêndoa está classificada entre as oleaginosas.

Composição química

Utilizando 100 gramas de amêndoas como base, nós temos:

  • Calorias – 640 kcal
  • Água – 4,50 g
  • Carboidratos – 19,60 g
  • Proteínas – 18,60 g
  • Lipídios – 54,10 g
  • Cinzas – 3,20 g
  • Vitamina A (Retinol equivalente) – 58 mg
  • Vitamina B1 (Tiamina) – 150,00 mcg
  • Vitamina B2 (Riboflavina) – 500,00 mcg
  • Vitamina C (Ácido ascórbico) – 3,60 mg
  • Niacina – 4,60 mg
  • Potássio – 457 mg
  • Cálcio – 254 mg
  • Enxofre – 160 mg
  • Cloro – 37 mg
  • Sódio – 23 mg
  • Magnésio – 18 mg
  • Ferro – 4,4 mg

Para que serve?

A amêndoa é uma planta medicinal e geralmente é feito um leite ou orchata para melhor extrair todas as propriedades benéficas para a saúde. É indicado seu uso contra a acidez e úlcera gástrica, afecções intestinais, asma, bronquite, catarro das vias respiratórias, tosse, inflamações das vias urinárias, dores reumáticas, hemorroidas, dores de ouvido, inchaços dolorosos, frieiras, manchas no rosto, eczemas e irritações cutâneas. São indicadas também como calmantes e antelmínticas.

Amêndoa contra inchaços, inflamações e males respiratórios

Foto: Pixabay

Leite de amêndoas

Para preparar o leite de amêndoas, primeiro coloque 50 ou 60 gramas de amêndoas em água fria, durante várias horas, ou escalde em água fervente, para que se remova facilmente a película. Depois de despelar as amêndoas, triture-as com um pilão. Vá acrescentando água ao poucos a essa massa, enquanto continua amassando. Deixe repousar por três horas, e então passe a mistura por uma peneira fina. As partículas maiores, que ficam na peneira, podem ser amassadas novamente, para que se extraia o máximo dessas sementes. Uma vez pronto, tome-o imediatamente. Se preferir, pode adoçar com mel ou adicionar cascas de limão.

Outros benefícios para saúde

Existem ainda variações da forma de se consumir tal semente, de acordo com o que se pretende tratar.

  • Anemia – Adicione as amêndoas em sua alimentação, pois a mesma é rica em ferro.
  • Eczema, irritações ou manchas da pele – Moer e misturar, em partes iguais, amêndoa e milho branco. Massageie a pele diariamente com essa pasta. Depois, lave o local com água e sabonete neutro.
  • Verminoses – Tomar, em jejum, uma colher de sopa de amêndoa ralada, um pouco de casca de limão e mel.
  • Dores na região dos rins – Aplicar cataplasma no local. Moer as amêndoas e misturar com água quente. Coloque essa mistura sobre um pano limpo e aplique.
  • Doenças das vias respiratórias – Moer quatro amêndoas e misturar com suco de laranja. Tome em jejum.
  • Dores de ouvido – Tampar o ouvido com algodão embebido em azeite ou óleo de amêndoas morno.

Amêndoa amarga: cuidado

Essa variação da semente, a amêndoa amarga, não é indicada para o consumo humano. Isso porque contém grande quantidade de amigdalina, um princípio tóxico para o organismo, o qual, uma vez ingerido, provoca hidrólise e transforma-se em glicose, benzaldeído e ácido cianídrico.

Ótima para as grávidas e atletas

Por seu elevado valor nutritivo, a amêndoa é recomendada para gestantes, atletas, trabalhadores braçais, estudantes e anêmicos. Mas deve ser consumida com moderação, para evitar superdosagem. Lembre-se que essa semente também é rica em lipídios.

Veja mais!