Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Nativa da Amazônia, esta planta se desenvolve na forma de um arbusto, é uma trepadeira pouco ramificada e suas folhas podem medir cerca de 5 a 10 cm de comprimento e sua altura pode chegar a 30 ou 40 metros quando cresce dentro de florestas. O crescimento em locais isolados pode chegar a 5 m. Seu nome científico é Uncaria tomentosa, e seu uso mais comum é em infusões para curar afeições como a asma, cicatrizar feridas, e aliviar problemas estomacais.

Unha-de-gato

Foto: Reprodução

O primeiro registro de propriedades medicinais desta planta ocorreu na década de 60 e, em 1994 a unha-de-gato recebeu reconhecimento oficial como planta medicinal pela Organização Mundial da Saúde. Desde então tem sido alvo de pesquisas para descobrir quais são as suas propriedades medicinais.

Indicações de uso

A unha-de-gato atua como anti-inflamatório, e por isso é indicada para inflamações articulares como osteoartrite e reumatismo. Além disso, é indicada para infecções decorrentes da debilidade do sistema imunológico, visto que seus princípios ativos melhoram a imunidade. É também muito usada para alergias, herpes simples, doenças gastroduodenais, enfermidades virais agudas ou crônicas, asma, doenças tumorais e neoplásticas, e até mesmo como auxiliar para o tratamento da AIDS. É eficaz ainda no controle do diabetes e para amenizar os efeitos da quimioterapia.

Compostos

A planta contém alcaloides oxindólicos, presentes nas raízes e cascas, que tem como benefício o estímulo do sistema imunológico em até 50%, glicosídeos que trazem ação anti-inflamatória, e outros alcaloides, que tem atividades vasodilatadoras e hipotensivas.

Suas propriedades farmacológicas são antialérgicas, anti-inflamatórias, antitumorais, cicatrizantes, antibacterianas e antivirais.

Contraindicações

A planta não deve ser consumida por gestantes e mulheres em fase de lactação; pacientes transplantados, pois pode causar rejeição e por pacientes portadores de leucemia que aguardam transplante de medula; e pessoas com histórico de úlcera péptica ou cálculos biliares devem tomar cuidado com esta planta, uma vez que estimula as secreções ácidas do estômago.

A automedicação de acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), é responsável por cerca de 30% das intoxicações. Consulte sempre um médico antes de fazer uso de medicamentos.

Como fazer o chá de unha-de-gato?

Para cada 1 litro de água, use uma colher de sopa de folhas trituradas da planta. Coloque as folhas na água e leve ao fogo. Quando alcançar fervura, deixe por mais 3 ou 4 minutos e desligue, mantendo em repouso por mais 10 minutos. Após esse tempo, coe e beba de duas a três xícaras ao dia.

Veja mais!