Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Indispensável para a manutenção da saúde óssea e da pele humana, a vitamina D constitui um nutriente que pode ser obtido por meio de inúmeros alimentos benéficos ao organismo, além ainda da própria exposição do corpo, diariamente, aos raios do sol. Claro, este último método deve ocorrer com moderação e tomando os cuidados necessários, a exemplo da utilização de protetor solar.

Efeitos benéficos no organismo

Entre as inúmeras ações benéficas promovidas pela presença da vitamina D no organismo, a mais importante é justamente a que estimula o corpo a melhor reter o cálcio, mineral essencial para os dentes e ossos.

O consumo diário de alimentos dotados de altas doses de cálcio será inválido se não houver a ingestão de vitamina D, uma vez que a absorção do cálcio pelos ossos depende justamente da vitamina D. Caso o processo não funcione de forma adequada no interior do organismo, poderá haver a liberação de massa óssea, deixando os ossos fragilizados e com iminente risco de formação de doenças como a osteoporose.

A vitamina D, portanto, tem como principal função no organismo atuar como reguladora dos níveis de cálcio e, também, de fósforo.

Benefícios da vitamina D para a saúde

Foto: Reprodução/ internet

Vitamina D auxilia o sistema nervoso

A presença de vitamina D no organismo atua ainda para o bom funcionamento do sistema nervoso, uma vez que ela tem influência direta na condução do impulso nervoso e das contrações musculares. Essencial durante toda a vida, esse nutriente estimula o bom funcionamento da musculatura e no desenvolvimento desta durante toda a vida.

Auxiliar beneficamente na coagulação do sangue, evitando o surgimento de hemorragias, assim como fortalecer o sistema imunológico do organismo, elevando as defesas e prevenindo infecções são outros dois efeitos benéficos promovidos pela vitamina D.

Reações geradas pela falta de vitamina D no organismo

O enfraquecimento ósseo, capaz de desenvolver problemas como traumatismos e osteoporose, é um dos principais efeitos maléficos causados pela ausência dessa vitamina no corpo. A elevação do risco de ocorrência de complicações cardíacas e ainda diabetes pode ser estimulada pela não existência de vitamina D no organismo. A formação de cáries e a fragilização dos dentes também são efeitos causados pela falta desse nutriente. Já em crianças, a ausência dessa vitamina pode provocar raquitismo.

Prevenção e tratamento do câncer

Dezessete são os tipos de câncer – os de próstata, melanoma e mama são os mais comuns – possíveis de afetar o organismo humano quando existe a ausência de vitamina D, uma vez que esta previne que as células se tornem cancerígenas. É a vitamina que participa do processo de diferenciação celular, agindo para manter as estruturas celulares sem alteração. Por fim, a autodestruição das células causadoras do câncer também é estimulada pela vitamina D.

Em quais alimentos obter bons níveis de vitamina D

Alimento   Quantidade de vitamina D   Percentual do teor diário de vitamina D
Atum – 100 gramas   227 unidades   2,27%
Sardinha – 100 gramas   193 unidades   1,93%
Ovo – uma unidade   43,5 unidades   0,43%
Carne bovina – 100 gramas   15 unidades   0,15%
Queijo cheddar – 50 gramas   12 unidades   0,12%

Veja mais!