Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O chá azul, também conhecido por alguns pelo nome de oolong, fica entre o chá vermelho e o verde, diferenciado destes pelo processo de fermentação, já que são todos provenientes da mesma planta, a camellia sinensis. O chá é proveniente da China, mas também pode ser encontrado em Taiwan, e contém um aroma, sabor e benefícios que são bastante diferentes do que conhecemos em outros chás.

Com grande destaque nos dias atuais, o chá azul conta com uma excelente reputação entre os especialistas que são a favor da utilização de chás para tratamentos médicos. É bastante usado atualmente, e daí vem a sua fama, para o emagrecimento saudável, sem pressa.

Quais os benefícios?

São muitos os benefícios do chá azul, mas o que tem feito mais sucesso, é a eficácia para acelerar o metabolismo e ajudar a queimar gorduras. Mas além deste, carrega ainda outros, como a prevenção de câncer e doenças cardíacas, melhorias no sistema imunológico e na qualidade da pele, assim como no funcionamento do fígado, prevenindo e melhorando o fígado gorduroso. Ajuda a prevenir o envelhecimento precoce, auxilia no controle do colesterol e na redução de triglicerídeos no sangue. É eficaz na prevenção de cáries, problemas na boca e desenvolvimento de doenças degenerativas, podendo ser usado ainda para o tratamento de diarreia.

Benefícios do chá azul para a saúde

Foto: Reprodução/ internet

Emagrecimento

Como este é o uso mais comum do chá, vamos falar melhor sobre sua atuação. Segundo estudos realizados nos Estados Unidos, na Universidade de Colorado, o emagrecimento é possível com o consumo do chá graças à grande quantidade de antioxidantes presentes, que consegue superar o valor presente no chá verde. Sua eficácia no emagrecimento também é proveniente de outro benefício: o estímulo ao organismo na eliminação de líquidos, o que o torna um excelente diurético. Os mesmos resultados foram confirmados por pesquisadores do Centro Médico da Universidade Maryland.

Modo de preparo

Para preparar você vai precisar de:

– 1 colher de chá das folhas de chá azul
– 1 xícara de água
– chaleira de argila

Coloque a água e a erva na chaleira de argila e leve ao fogo. Quando começar a ferver, desligue e tampe, deixando descansar por três minutos. Em seguida, coe e consuma sem adoçar. É importante que o tempo de descanso não ultrapasse os três minutos, pois esse chá tem um período de oxidação bastante curto, o que faria com que perdesse suas propriedades.

Consuma duas vezes ao dia, preferencialmente uma hora antes ou duas horas depois do almoço e do jantar, ou seja, a dose de uma xícara, duas vezes ao dia. Não deve ser consumido imediatamente após as refeições, pois contém taninos, que limita a absorção de ferro dos alimentos. O consumo deve ser diário, e o chá não deve ser adoçado

Contraindicações e efeitos colaterais

Não foram encontradas contraindicações ou efeitos colaterais nas literaturas consultadas, porém é importante que, antes de fazer o consumo, um médico seja consultado. Isso porque até mesmo os medicamentos naturais podem ter interações medicamentosas ou ser maléficos para determinadas situações.

Veja mais!