Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O problema de pressão arterial alta é bastante comum entre pessoas de várias idades, mas mais comum em pessoas acima dos 40 anos de idade. Existem, entretanto, algumas receitas caseiras que podem ajudar. É o caso de um ingrediente: o gengibre.

Benefícios

O gengibre, segundo o Jornal de Farmacologia Cardiovascular divulgou em um artigo de Ghayur, Muhammad Nabeel MPhil, Gilani e Anwarul Hassan, é tradicionalmente usado para o tratamento de muitas doenças, e uma delas é a hipertensão.

Em ratos anestesiados, o extrato puro de gengibre provocou uma queda de 0,3-3 mg por kg na tensão arterial. Os compostos químicos que compõe o gengibre também ajudam a reduzir o mau colesterol, ou colesterol LDL, que são as lipoproteínas de baixa densidade. Trata-se do principal fator causador da formação das placas ao longo das artérias e dos vasos sanguíneos que causam os bloqueios que ajudam a aumentar a pressão arterial.

Além disso, ajuda a prevenir a formação de coágulos nas artérias, permitindo que o sangue circule normalmente, contribuindo para a redução da pressão, combatendo os sintomas da hipertensão, derrames e ataques cardíacos.

Benefícios do gengibre para combater a pressão alta

Foto: Pixabay

Como consumir o gengibre

O gengibre pode ser usado como tempero no preparo de alimentos, mas também pode ser usado no preparo de sucos detox e emagrecedores, e pode ser consumido diariamente. É importante, entretanto, ficar atento, pois o consumo excessivo de gengibre pode causar ainda outras patologias, além de possuir algumas interações medicamentosas. Consulte sempre um médico antes de fazer uso de qualquer medicamento, mesmo que natural.

A quantidade segura é de até 3 g diariamente, mas isso pode variar de acordo com fatores determinantes de sua saúde. Consuma sempre no início do dia, pois alguns casos sugerem que o gengibre possa causar distúrbios de sono seguintes ao consumo, e, por isso, não sendo ideal para o consumo no período da noite.

Contraindicações

O gengibre é contraindicado para mulheres durante o período menstrual, além de no período gestacional. Isso por ser um vasodilatador e por poder afetar os hormônios fetais. Também por ser vasodilatador, devem evitar aqueles que tem distúrbios hemorrágicos.

Veja mais!