Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O leite materno, nutriente dos mamíferos, é usado para a alimentação dos bebês em seus primeiros meses de vida. Mesmo depois de adultos, os seres humanos continuam usando o leite, mas dessa vez o de vaca, como uma forma de alimentação. Entretanto, o que isso pode nos trazer de bom?

Os benefícios

Fonte de proteína animal, o leite é rico em cálcio, que é o mineral responsável pela formação dos ossos em nosso corpo. É ele quem ajuda a eliminar as chances de osteoporose, doença que fragiliza os ossos e atinge principalmente mulheres após a menopausa, mas também aos homens. Além disso, possui proteínas que são essenciais para o crescimento corporal e também para o desenvolvimento cerebral. As vitaminas presentes no leite auxiliam na regulagem do sistema nervoso, do fluxo sanguíneo e das células do sistema imunológico.

Benefícios do leite para o organismo

Foto: Reprodução

O leite, segundo alguns estudos recentes, é ainda uma excelente forma de repor os líquidos, sendo que o seu consumo após a prática de exercícios físicos apresenta efeitos positivos relacionados à hidratação, construção e regeneração dos músculos. Rica ainda em triptofano – aminoácido que relaxa os músculos e induz ao sono –, a bebida ajuda a trazer um sono mais calmo, sendo um combatente da insônia e das noites mal dormidas.

O desenvolvimento da massa óssea atinge seu ápice aos 30 anos, quando passa a ser necessário uma maior atenção com a quantidade ingerida, pois o corpo passa a perder mais do que se consome. No entanto, nessa mesma fase, o organismo humano passa a produzir menos lactase, enzima responsável pela digestão do açúcar do leite. Apesar disso, o consumo ainda é importante e, se você optar pelo leite como sua única fonte de cálcio, consuma três copos ao dia antes dos 50 anos, e após essa idade, de cinco a seis copos.

O leite desnatado e o integral possuem a mesma quantidade de cálcio, o que muda é a quantidade de gorduras e vitaminas que o leite integral tem. Os nutrientes fornecidos pelo leite, no entanto, podem ser encontrados em outros alimentos, mas ele continua a ser recomendado por ser o mais completo.

Como consumir?

Para quem não gosta de beber leite, alguns derivados podem ser uma excelente forma de substituição. É preciso, no entanto, dar preferência aos queijos magros e aos iogurtes com baixas calorias e açúcares, uma vez que esses podem ser prejudiciais ao corpo.

Cerca de três das nossas refeições diárias devem conter algum elemento do grupo dos laticínios para se ter uma dieta equilibrada. Para as crianças, é preciso consumir ainda mais, pois seu crescimento está diretamente conectado à quantidade de cálcio, vitaminas e minerais ingeridos, principalmente até os sete anos de idade.

*O consumo do leite com café, muito popular, atrapalha a absorção de cálcio, uma vez que a cafeína tem ferro.

Contraindicações

O leite é contraindicado para pessoas com intolerância à lactose.

Veja mais!