Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Pense em um nutriente o qual entre as suas principais funções está a de auxiliar na produção de tecido conjuntivo e ósseo, no desenvolvimento e nas atividades de reprodução. Agora, anote o nome do mesmo: manganês. Esta substância pode ser facilmente encontrada em alimentos básicos do dia a dia, a exemplo de frutas, legumes e cereais.

Benefícios

Este ainda atua nos processos de equilíbrio do metabolismo de aminoácidos, carboidratos e colesterol, segundo garante a medicina nutricional. Entretanto, o efeito benéfico essencial promovido por este, graças à sua ação antioxidante, diz respeito à defesa adicional proporcionada para uma extensa variedade de células, conferindo, inclusive, neurônios do sistema nervoso central.

O que causa a ausência do manganês

Deficiência na atividade de reprodução e retardo no crescimento, além de baixa tolerância à glicose e distúrbios no metabolismo, fator que pode ocasionar em perdas de peso súbitas. Disfunções, assim com o vômitos no pâncreas, estão todos entre os sintomas causados pela falta de manganês no organismo.

Excesso de manganês e suas reações

Altas doses desse nutriente no corpo podem provocar o desequilíbrio do sistema nervoso central. Essa reação causa, de forma lenta, o processo de degeneração dos neurônios, ocasionando em tremores que se assemelham aos provocados pelo mal de Parkison.

Alimentos ricos em manganês

Benefícios do manganês para a saúde

Foto: Reprodução/ internet

Constituem como fontes excessivamente ricas em manganês os seguintes alimentos: hortelã, aveia, castanhas, agrião, mostarda, morangos, amoras, frutas tropicais, framboesas, abacaxi, alho, uva, beterraba, feijão verde, arroz, alface, espinafres, melaço, cravo, açafrão, alho-poró, tofu, todo o trigo, banana , pepino, cenouras, kiwi e figo.

Dosagens de manganês recomendadas

Um colher de sopa de gérmen de trigo contém 2,8 mg de manganês. Já 60 gramas ou 12 unidades de noz-pecã possui 2,68 mg. A soja assada, em 86 gramas, carrega 1,88 mg desse nutriente. A batata-doce, por sua vez, é dotada de 1,27 mg a cada 128 gramas. E o abacaxi, em 78 gramas (peso aproximado de uma fatia fina) contém 1,25 mg de manganês. Recomenda-se que o consumo desses alimentos seja de 11 mg.

Males combatidos pelo manganês

Confira a lista:

– Problemas nos ossos;
– Radicais livres;
– Desequilíbrio do nível de açúcar no sangue;
– Epilepsia;
– Inflamação e entorses;
– Osteoporose;
– Aliviar a síndrome de TPM;
– Problemas de ordem nervosa;
– Transtornos no aparelho digestivo.

Veja mais!