Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Na forma como é encontrado e consumido pelo ser humano, o potássio configura-se como um mineral eletrólito fundamental na dieta alimentar de todo indivíduo. O mesmo faz parte de essenciais funções endógenas de várias células do organismo. Indispensável no que diz respeito à fisiologia natural do corpo humano, o potássio é ainda um nutriente fundamental no que se refere aos exercícios físicos. Este mineral é responsável por promover ações geralmente percebidas no metabolismo normal ou também ações ergogênicas.

Os benefícios do potássio

Uma das principais funções benéficas do potássio para o corpo humano é a de promover a manutenção do potencial de membrana. Isso ocorre devido a sua forma de íon, o tornando o mais importante cátion intracelular, de forma distinta, por exemplo, do sódio, o qual é considerado o íon extracelular principal.

Nos meios intra e extracelulares, o balanço existente entre o potássio e o sódio acabam gerando um chamado gradiente eletroquímico, este, por sua vez, considerado como potencial de membrana. Ou seja, ocorrendo uma reação estimulante através dos neurotransmissores, ocorre também a liberação de potássio da célula e uma entrada de sódio (em breves períodos). Isso acaba por proporcionar certos efeitos intracelulares, criando assim atuação específica, a qual pode, por exemplo, acarretar na função cardíaca, na contração muscular, entre outras.

Benefícios do potássio para saúde

Foto: Reprodução/ internet

Vale ressaltar que este mineral é ainda considerado um fundamental cofator para enzimas, a exemplo da potássio-ATPase e piruvato quinase, a qual é indispensável para o metabolismo de carboidratos.

O potássio é também essencial no que corresponde as suas funções primárias, beneficiando o balanço hidroeletroídrico do corpo. Isso promove (ou auxilia) o equilíbrio da tonicidade de determinados líquidos, a exemplo do sangue.

Em que o potássio auxilia?

– No bom funcionamento do coração
– No equilíbrio do nível de água no organismo
– Na regulação da pressão arterial
– Na prevenção contra o acidente vascular cerebral (AVC)
– No equilíbrio dos músculos
– Na prevenção contra cãibras

O que causa a falta de potássio

Hipocalemia é como é chamada a ausência exagerada de potássio no organismo. Isso é mais comum de ocorrer quando há a excessiva liberação desse mineral, como por exemplo, por meio da urina, fezes, vômitos, consumo abusivo de álcool, desequilíbrios metabólicos, ingestão de medicamentos, entre outros fatores. Inicialmente, nesses casos, ocorrem sintomas como a alteração dos potenciais de membranas celulares, responsáveis por causar a fadiga muscular, complexidade no trânsito intestinal, disritmias cardíacas e cansaço.

Doses recomendadas de potássio

Recomenda-se, diariamente, a ingestão de 2,5 a 3,5 gramas de potássio para o corpo humano.

Alimentos ricos em potássio

  • Banana
  • Laranja
  • Acerola
  • Abacate
  • Castanha-do- pará
  • Brócolis
  • Tomate
  • Feijão
  • Mamão
  • Figo
  • Uva
  • Batata
  • Milho
  • Caju
  • Melão
  • Maracujá
  • Ameixa
  • Cenoura
  • Beterraba
  • Espinafre

Veja mais!