Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Lítio pode até ser um mineral não muito conhecido entre as pessoas, mas seus benefícios fazem desse elemento natural uma das chaves mais importantes para manter a saúde do cérebro e do corpo sempre em dia.

Encontrada na natureza como o cálcio e o magnésio, essa substância é um metal que se encontra em rocha e solo. Desta forma, também pode ser visto em alimentos e água.

De acordo com uma pesquisa feita e publicada na “Journal of the American College of Nutrition”, o lítio é importante na produção e manutenção de um bom funcionamento de enzimas e hormônios.

Benefícios dos alimentos ricos em lítio para o cérebro

Foto: depositphotos

Além disso, há comprovações científicas que afirmam que esse mesmo elemento consegue controlar a doença bipolar e também o mal de Alzheimer.

Quais alimentos são rios em lítio?

Vegetais e grãos são os principais alimentos a terem um alto teor de lítio em suas composições. Por isso, pode-se citar três grandes exemplos desses tipos de alimentos, como a batata, o tomate e as sementes de mostrada.

Assim, de acordo com cientistas e pesquisadores, uma dieta vegetariana ou vegana, isto é, baseada em produtos de origem vegetal, é muito mais rica em lítio do que refeições à base de produtos de origem animal.

Além dos produtos já citados, esse elemento pode ser encontrado em outros, à exemplo de:

  • Leite;
  • Cogumelo;
  • Ovo;
  • Pepino;
  • Chá verde;
  • Repolho roxo;
  • Espargo;
  • Couve-flor;
  • Repolho branco;
  • Cacau;
  • Arenque;
  • Kelp;
  • Paprica;
  • Maçã.

Benefícios proporcionados pelo lítio

Um dos principais efeitos benéficos do lítio para a saúde do organismo humano é sua proteção ao cérebro. Com isso, esse elemento quando ingerido pelo paciente reflete em desenvolvimento mental e na promoção de tratamentos de patologias neurológicas.

Por exemplo, o lítio é atamente eficaz contra os prejuízos causados pela o estresse oxidativo. Serve também como um suplemento natural para pessoas que sofrem de mal de Alzheimer.

Algumas drogas, como antidepressivos e anticonvulsivos, afetam o cérebro. Todavia, o consumo de alimentos que possuem lítio em suas composições pode proteger este importante órgão do corpo humano contra os efeitos desses remédios psicoativos.

Além disso, trabalha contra a depressão, bipolaridade, a intoxicação por metais tóxicos e aos efeitos degenerativos promovidos pelo álcool.

Mesmo com todos esses benefícios, o lítio é capaz de provocar um aumento na força e qualidade dos tecidos do corpo. Assim, o consumo deste elemento está relacionado ao aumento da massa cinzenta no cérebro e age de forma a proteger células do hipocampo, uma vez que de acordo com diversos estudos este mineral possui propriedades neuroprotetoras.

Veja mais!