Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O marmelo é um fruto pertencente à família da maçã e da pera e, de nome científico Cydonio oblongo, é originário das regiões do Cáucaso, no sudoeste asiático, com suas temperaturas quentes. Quando está para amadurecer, o fruto é verde e possui consistência dura, mas ao amadurecer sua coloração muda para amarelo e sua polpa fica mais macia e com coloração branca, muito perfumada. Você pode colher ainda verde e deixar amadurecer à temperatura ambiente. Quando amadurecer, consuma em até uma semana, mantendo sempre na geladeira.

Benefícios e propriedades

O marmelo possui propriedades antioxidantes, além de ser rico em cálcio, fibras e ferro. Pode ser usado de forma eficaz contra 21 tipos de bactérias, e suas folhas podem ser usadas para o tratamento da dispepsia e da sinusite. A fruta, quando ainda verde, pode ser usada de forma eficaz no alívio das infestações de vermes intestinais e rotavírus. Ela atua ainda inibindo a aderência das bactérias na parede do intestino, evitando dessa forma infecções e danos mais graves.

A sua folha amarga, na forma de suco, misturada com mel, pode ser usada para aliviar a febre e o catarro, e com a adição de pimenta preta, pode ser eficaz no tratamento de icterícia. Suas folhas são eficazes ainda na diminuição dos níveis de glicose no sangue, auxiliando no controle do diabetes. Pode ser usada ainda na redução do colesterol e dos níveis de triglicérides, além do tratamento de aftas, males das gengivas e dores de garganta.

O fruto é ainda um excelente diurético e por conter vitamina C em grandes quantidades, pode ser usado para fortalecimento do sistema imunológico e no combate às gripes, constipações e resfriados. Por ser pobre em calorias e por evitar a retenção de líquidos, pode ser auxiliar na perda de peso em dietas de emagrecimento.

Benefícios e propriedades da fruta marmelo

Foto: Reprodução

Como consumir?

Você pode consumir o fruto de diversas formas. Para isso, quando estiver maduro, descasque e corte na vertical em duas metades de forma que seja possível retirar seus caroços. Corte então as duas metades em pequenos pedaços. Você pode cozinhar, assar, ensopar ou usar de outras formas em preparo de alimentos, pois não se desfaz. O consumo ao natural, ainda cru, no entanto, deve ser evitado.

Esse alimento é muito usado ainda em compotas, gelatinas e conservas. As sementes, quando trituradas, podem ser usadas para fazer um chá que possui ação purgativa. As flores da árvore marmeleiro podem ser usadas ainda na decoração de pratos e saladas, pois também é comestível.

Veja mais!