Publicado por Redação

Cientificamente, a planta é chamada de Brosimum gaudichaudii e popularmente conhecida por mama cadela, nome dado devido à semelhança do fruto da planta com a mama do animal.

Ela também pode ser chamada de algodão do campo, amoreira do campo, mururerana, apé, conduru e inhoré.

O princípio ativo da planta está presente em quase todas as partes dela; frutas, folhas, cascas e raízes. A mama cadela pode ser usada em tratamentos homeopáticos para tratar problemas como vitiligo e outras doenças que causam a despigmentação da pele.

Benefícios e propriedades do chá de mama cadela

Foto: Reprodução/Wikimedia Commons

Ela ainda é utilizada por quem deseja combater de forma natural problemas respiratórios, como bronquites, resfriados e gripes. Também trata a má circulação do sangue, discromia, manchas de pele, úlceras gástricas e resfriados.

A mama cadela possui ação fotossensibilizante, altera o metabolismo do malato e inibe o desenvolvimento (microbiostáticos) de micro-organismos, como bactérias, fungos, vírus ou protozoários.

A planta tem sido material de estudo para tratamento de vitiligo, doença que ainda não tem nenhuma cura ou tratamento conhecido.

A mama cadela pode ser utilizada tanto como ingredientes de chás, como também para loções corporais.

Chá de mama-cadela

Ingredientes

-1 xícara (de chá) de folhas de ramos picados;
-1 litro de água.

Modo de preparo

Coloque as folhas em uma panela e a água em uma outra, ambos separados. Ponha a água para ferver e quando ela atingir a fervura, jogue o líquido em cima das folhas. Tampe o recipiente e deixe abafado, repousando por 24 horas. No dia seguinte, coe a bebida e consuma duas xícaras por dia.

Loção de mama-cadela

Já a loção é preparada com as cascas e raiz da planta. Para preparar, pique os dois, coloque-os em um recipiente e reserve. Em um segundo recipiente, coloque um litro de água e leve ao fogo até atingir fervura. Depois, despeje a água fervente em cima do primeiro recipiente e deixe repousar por 24 horas. Após o período, aplique duas vezes ao dia nas partes afetadas.

Efeito colateral da planta

Quando utilizada em excesso, a mama-cadela pode causar graves problemas de pele.

Veja mais!