Publicado por Gabriely Araújo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A aroeira, pertencente à família das Anacardiaceae, é uma árvore de pequeno porte, com folhas pequenas, e tipicamente brasileira. Existem também outras espécies de aroeira, como, por exemplo, a “aroeira do campo”, lentisco, almecegueira e rasteira, que não devem em hipótese alguma ser confundidas com as aroeiras brancas, ou aroeiras bravas. Estas podem causar danos à saúde, causando efeitos como o da urticária que irrita a pele ao simples contato com a planta ou o local em que se encontra.

Benefícios e receita do chá de aroeira

Foto: Reprodução

Benefícios e propriedades

Ela é bastante usada na confecção de remédios naturais para males diversos devido às suas inúmeras propriedades que variam entre tônicas, adstringentes, depurativas, anti-inflamatórias, antioxidantes e até mesmo cicatrizantes. A maioria destas propriedades está nas suas folhas e cascas e são, geralmente, aproveitadas na forma de chá ou como banhos e compressas. Suas folhas são balsâmicas, que têm aroma e propriedades do bálsamo, e esta propriedade é indicada para o tratamento de feridas, e infecções na pele provocadas por bactérias, por exemplo.

Como dito anteriormente, a aroeira é utilizada na medicina popular na forma de chá, ou compressa. O chá é feito a partir das folhas e cascas da planta e segue um procedimento bem simples de preparo.

Outras indicações e propriedades:

  • diurético,
  • laxante,
  • afrodisíaco,
  • gota,
  • ínguas,
  • feridas,
  • inflamações diversas,
  • leucorreia,
  • problemas urinários,
  • sífilis.

Como fazer o chá de aroeira?

É simples! Basta acrescentar cerca de 100 gramas das folhas da planta a um litro de água e leva-lo ao fogo até que atinja a fervura.

Acrescente ao líquido cerca de 20 a 30 gramas da casca de aroeira (3 a 4 pedaços da mesma), e deixe que permaneça ao fogo por pelo menos 5 minutos.

Como tomar

Para o consumo não há muito mistério, o chá de aroeira pode ser consumido de forma simples, como água, “natural” ou gelado! Se quiser adoçá-lo também não há problema, contanto que o açúcar não se sobressaia sobre as propriedades curativas da planta.

Preparo de banhos

Basta cozinhar 25 gramas da casca de aroeira e banhar-se por um tempo mínimo de 15 minutos com o líquido numa temperatura morna. Os banhos são eficazes no tratamento de males como reumatismo e infecções de pele.

Como com todas as plantas medicinais, os benefícios da aroeira somente poderão ser aproveitados se utilizados da maneira correta e com o devido acompanhamento de um especialista, nada de começar qualquer tratamento por conta própria, mesmo que seja um tratamento à base de produtos naturais.

Veja mais!