Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A cevada, de nome científico Hordeum vulgare é um cereal que é produzido em grande escala, principalmente na Europa, na Ásia e na América do Norte. Consiste em um importante alimento, tanto para humanos como para animais, que leva entre um e três dias para germinar. Suas flores aparecem distribuídas nas extremidades do colmo na forma de espigas, e seus frutos são levemente arredondados ou ovoides com um tom amarelado. Estes frutos são usados para a alimentação.

Cevada - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Utilização

Além da popular utilização na fabricação de cerveja, conhecida por quase todas as pessoas, a cevada por der usada ainda na forma de farinha e grãos, ou ainda em bebidas semelhantes ao café – com seus grãos torrados e moídos de forma semelhante -, só que sem a cafeína.

Benefícios

O consumo de cevada ajuda a prevenir o cancro das mamas devido à presença das fibras dos cereais. Além do seu sabor característico, a cevada é muito famosa graças aos seus nutrientes: é rica em fibras e selênio, além do fósforo, cobre, manganês e diversos outros.

Por ser rica em fibras insolúveis, a cevada, quando consumida, pode ajudar ainda a evitar cálculos biliares, sendo que a proteção aumenta com a quantidade consumida. Isso acontece por as fibras acelerarem o funcionamento do intestino e reduzem a secreção de ácidos biliares que, em grandes quantidades, contribuem para a formação dos cálculos. Além disso, aumenta a sensibilidade à insulina e reduz os níveis de gordura no sangue.

A cevada é rica, também, em fósforo, que possui um papel importante em cada célula do corpo, agindo na formação da matriz mineral dos ossos. É essencial ainda na formação de outros compostos essenciais para a vida, como o trifosfato de adenosina (ATP), que é a molécula que transporta energia no organismo.

O chá preparado com a cevada possui todos esses benefícios e pode ser consumido regularmente. Além de tudo isso, age ainda como antibacteriano, inibindo o crescimento de bactérias e de sua adesão, principalmente do agente bacteriano responsável pelas cáries dentárias.

Chá de cevada

Uma forma de conseguir os benefícios da cevada, é na forma do chá. O preparo é feito, normalmente, com maceração das sementes de cevada, da cevada em grão, ou ainda da cevada torrada com a água quente. Com um sabor ligeiramente amargo, a cevada no chá é associada em países onde é popular, como a Coréia e o Japão, a outras plantas como o milho torrado.

Contraindicação

Existem contraindicações para o consumo da cevada, seja in natura ou dos produtos feitos com ela. São as mesmas contraindicações aplicadas à quaisquer alimentos que possuam glúten: aqueles que possuem intolerância ou alergia não devem fazer consumo dessa planta, ou ainda aqueles que possuem a doença celíaca.

Veja mais!