Publicado por Camila Albuquerque
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A douradinha do campo (Waltheria douradinha St. Hilaire) também é conhecida como malva-branca e malva-veludo, e é uma planta que possui um caule quadrangular, que mede até 10 centímetros de altura – ou seja, é relativamente pequena. A douradinha, como também é chamada, pertence à família Escrofulariáceas e é uma planta antibiliosa, diurético-purgativa, emenagoga e emeto-catártica. Quanto aos locais onde pode ser encontrada, são bem abrangentes: Ásia, África, Austrália e prolifera bem em quase todo o mundo.

Chá da planta douradinha do campo

Foto da planta | Foto: Reprodução

Seus constituintes químicos são: alcaloides, taninos e saponinas. E suas propriedades medicinais são bem variadas, tanto que dessa planta pode ser feito um poderoso chá. Alguns estudiosos acreditam que ela seja venenosa (mas em alguns países ela ocupa o topo na lista de medicina caseira), contudo, não há nada comprovado até agora e dificilmente será provado posteriormente, porque os benefícios da douradinha já são confirmados.

Propriedades medicinais da douradinha do campo

  • É depurativa energética.
  • Diurética.
  • Emagrecedora.
  • Antialbuminúrica.
  • Cardiotônica.
  • Hipotensora.
  • Anti-inflamatória.
  • Estimulante.
  • Emética.
  • Sudorífica.
  • Emoliente.

Benefícios

Diante das suas propriedades medicinais, o chá de douradinha do campo oferece benefícios variados para quem o consome:

  • É bom para o tratamento de reumatismo.
  • Ácido úrico.
  • Previne e age em casos de gota.
  • É um estimulante natural.
  • É ótimo para tratamento de várias doenças (ou incômodos) de pele, tais como: erupções, coceiras, furúnculos, feridas, eczemas, úlceras externas, etc.
  • Indicado em casos de cólicas renais.
  • Abaixa a pressão arterial.
  • Ajuda no tratamento de furunculose.
  • Trata afecções nos rins e na bexiga.
  • Atua no tratamento da cistite crônica.
  • Sua propriedade diurética ajuda aqueles que enfrentam dificuldades em urinar.
  • Bom para casos de disenteria.
  • Indicado para casos de catarro crônico.
  • Trata as afecções pulmonares.
  • Ameniza a blenorragia e doenças sifilíticas, ajudando na recuperação.
  • É capaz de atuar amolecendo pequenos tumores.
  • Trata a tosse e a bronquite.

Como toda planta medicinal, é natural que apresente contraindicações e efeitos colaterais. Quanto às contraindicações, temos apenas que evitar seu uso em pacientes com distúrbios da coagulação sanguínea. E quanto aos efeitos colaterais, temos apenas o aumento do número de evacuações ou diarreia pastosa nos intestinos.

Fazendo o chá de douradinha do campo

Utiliza-se as folhas e as cascas dos ramos para fazer este chá. Ele é bem simples, feito por infusão: Pegar 20g de folhas e cascas dos ramos da planta douradinha do campo e colocar em um litro de água quente (fervendo), durante 5 minutos. Pode ser usado externo e internamente, e a dosagem é de 4 a 5 xícaras por dia.

Veja mais!