Publicado por Stefanie Mouret
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Conhecida popularmente como erva dos tinhosos, pergamassa e carapicho de carneiro, a bardana é uma planta muito querida entre os adeptos da medicina natural. Conhecida por seu caule encorpado e folhas grandes, costuma-se dizer que tudo da bardana é aproveitável, seja por propriedade medicinal ou culinária, tamanha sua utilidade.

Bardana

Foto: Reprodução

Propriedades medicinais

Para que se possa falar em benefícios, primeiramente é necessário saber as propriedades da planta, no caso, as seguintes: laxativa, diurética, antisséptica, antidiabética, antibacteriana, anti-inflamatória, cicatrizante, diaforética, depurativa e estomáquica.

Propriedades nutricionais

É importante também ter ciência do que constitui a bardana. Essa planta é rica em proteínas, fibras, cálcio, fósforo, glicídios, vitaminas A, B1 e C, ferro, niacina e riboflavina.

Benefícios

Com tantos nutrientes importantes e propriedades medicinais, a bardana é indicada para proporcionar alívio e até mesmo tratamento eficaz em casos de cirrose, doenças no fígado, cálculo biliar e hepatites.

É ideal para quem sofre de artrite, ou mesmo dores musculares constantes, já que é um poderoso anti-inflamatório. Doenças renais, reumáticas, hepáticas e digestivas também são facilmente curadas com o consumo contínuo da bardana.

Para feridas, dermatoses e problemas externos em geral, a planta pode ser utilizada como antibiótico natural, sendo aplicada em forma de extrato ou pomada diretamente no local afetado.

Picadas de insetos, quedas de cabelo, herpes, seborréia, acnes, entre muitos outros problemas, também podem ser tratados ou reduzidos com o consumo da bardana.

Como preparar o chá de bardana?

Para cada xícara de chá, deve haver uma colher de sopa de bardana. Embora toda a planta costume ser utilizada como alimento, para obter os benefícios acima citados é necessário consumir o chá de sua raiz. Assim, você encontrará em farmácias e casas de produtos naturais a raiz da planta já triturada e pronta para o preparo do chá.

Você pode optar por preparar o chá de bardana de dois meios. No primeiro, leve ao fogo água em quantidade equivalente à três xícaras de chá, juntamente com três colheres de sopa da planta. Tampe a chaleira e deixe ferver por dez minutos. Quando esse tempo terminar, deixe o recipiente descansar tampado, e então coe e beba três vezes ao dia, quando a temperatura estiver agradável; a segunda opção é colocar numa xícara a quantia equivalente a uma colher de sopa da planta, e em seguida água fervente para ocupar toda a xícara. Abafe por 30 minutos, então coe e beba normalmente.

Escrito por Stefanie Mouret

Veja mais!