Publicado por Redação

Existem vários fatores que podem influenciar a existência das cólicas menstruais. Elas podem ser sinais de má formações uterinas, endometriose e miomas. Mas também podem estar relacionadas a eventos mais comuns, que antecedem a menstruação, como a contração do útero.

Seja qual for a origem das cólicas, elas são um grande incômodo para as mulheres. Muitas delas, inclusive deixam de realizar atividades simples, como trabalhar ou caminhar durante os dias da menstruação.

Por isso, se você sofre com esse tipo de problema mais grave, o ideal é procurar atendimento médico ginecológico o mais rápido possível. Somente um especialista poderá passar remédios para amenizar ou acabar com as terríveis cólicas menstruais.

Além disso, você pode seguir um tratamento natural que implica no consumo de chá de canela.

Canela contra cólica

Essa especiaria é muito apreciada na gastronomia mas por conta das inúmeras propriedades que possui, também pode ser uma ótima aliada no alívio das cólicas menstruais.

Isso porque a canela possui anticoagulantes, anti-espasmódicos e anti-inflamatórios em sua composição. Tanto o chá feito com a canela em pó como com o pau são eficazes para amenizar os sintomas.

Chá de canela

O ideal é que você comece bebendo o chá dias antes da sua menstruação chegar. Isso implica que você deve ter um controle rigoroso do seu ciclo para que o tratamento caseiro seja eficaz. Portanto, dois dias antes de menstruar, você pode tomar o chá de canela até duas vezes por dia. Aprenda a receita agora:

Ingredientes

– 1 pau de canela;
– 1 copo de água de 300 ml;
– Mel a gosto.

Modo de preparo

Leve a água e o pau de canela ao fogo. Deixe que os mesmos comecem a ferver. Depois de dois minutos, desligue e cubra a panela por 15 minutos. Depois disso, você já pode consumir. Se preferir, adicione mel.

Precauções

Apesar de bastante eficaz na redução de cólicas menstruais, o chá de canela deve ser consumido com moderação, graças a uma substância chamada cumarina. Em grandes concentrações ela traz complicações para alguns órgãos do nosso corpo, como o fígado e os rins. Mulheres grávidas e lactantes não podem consumir esse chá, pois ele pode induzir contrações no útero. Idosos e crianças também não devem beber o chá.

Além disso, qualquer pessoa que queira tomar chás e outras bebidas fitoterápicas devem antes de tudo consultar um médico para que o profissional especialista analise os riscos e benefícios do consumo.

Veja mais!