Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

De nome científico Amburana cearensis, a emburana é uma árvore que pode chegar até os 10 metros de altura. Revestida por uma casca vermelho-pardacenta, suas flores são brancas, pequenas e de forte aroma que cobrem por completo seus galhos sem as folhas devido ao florescimento. Também conhecida como amburana, cerejeira-rajada, conduru, cumbaru, cumaré e cumaru-de-cheiro, a emburana possui sementes contidas em vagens achatadas quase pretas que são aladas, achatadas, rugosas e possuem um cheiro agradável.

Chá de emburana - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Muito usada na carpintaria, a madeira da emburana é castanho-clara e leve, além de ser porosa, usada para obras internas e móveis, pois por manter o cheiro característico de cumarina, afasta os insetos por um longo período. Nativa da caatinga, a planta pode ser encontrada principalmente em estados do nordeste do Brasil, e é muito usada há séculos pela população cabocla.

Benefícios e propriedades medicinais

As partes usadas para fins medicinais são as cascas e as sementes da emburana, que possuem propriedades antiespasmódicas e emenagogas. Além disso, possuem propriedades aromática, anticoagulante, anti-inflamatória, broncodilatadora, cardiotônica, diaforética, estimulante, estomáquica, febrífuga, narcótica e peitoral. O chá é indicado para afecções pulmonares, balsâmica das vias respiratórias, astenia, febre, gripe, hemorragia, inflamação, resfriado, cólica intestinal e uterina, bronquite, tosse e asma.

Entre seus princípios ativos encontramos a cumarina e a hidrocumarina, flavonoides, ácido vanílico, glicerídeos dos ácidos palmítico, linoleico, oleico e esteárico, além de conter uma proteína que é capaz de deixar inativa a tripsina e o fator de coagulação XII.

Como preparar o chá de emburana?

Para preparar o chá, use as cascas e as sementes da emburana na proporção de duas colheres de sopa para cada litro de água. Coloque as cascas, as sementes e a água em um recipiente e leve ao fogo. Ao alcançar fervura, deixe cozinhar por cerca de dez minutos e então retire do fogo. Tampe e deixe a mistura repousar por, aproximadamente, dez minutos. Passado esse tempo, coe e consuma sem adoçar. A dose indicada é de duas a três xícaras do chá de emburana ao dia.

Contraindicações e precauções de uso

Antes de consumir qualquer medicamento, é importante consultar seu médico para se informar a respeito das reações de interação com outros remédios. O chá de emburana é contraindicado para pacientes com distúrbios da coagulação sanguínea.

Veja mais!