Publicado por Wanessa Galvão
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A planta garra do diabo é muito conhecida na medicina popular por suas propriedades capazes de tratar casos simples e até graves de reumatismo. Depois de bastante tempo de estudo, pesquisadores puderam comprovar: seus benefícios são mesmo eficazes no tratamento de doenças reumáticas!

Garra do diabo

Foto: Reprodução

Garra do diabo

A planta medicinal, de nome científico Harpagophytum procumbens DC, é uma das mais vendidas no mundo e, devido à dificuldade de encontrá-la, uma vez que ela é nativa da África e não se desenvolve em outro território, tem sido notado um aumento no valor de comercialização dela.

Considerada uma planta central da fitoterapia moderna, a garra do diabo recebeu esse nome graças ao aspecto ramoso e lenhoso que possui, semelhante a garras.

Indicações

São inúmeras as indicações para o consumo do chá de garra do diabo. Doenças do fígado são evitadas, assim como as que atingem a bexiga e os rins. Problemas de vesícula e pâncreas também são evitados e aliviados com o consumo da planta que desde 2012 faz parte da lista de remédios oferecidos no Sistema Único de Saúde, o SUS.

A planta contém altas taxas de substancias analgésicas e anti-inflamatórias, que protegem principalmente a cartilagem do nosso corpo, sendo por isso muito indicada para casos de artrite, artrose, tendinite e reumatismos em geral. O uso frequente da garra de diabo diminui os males próprios da velhice, além de deixar as artérias mais elásticas.

São conhecidas também as propriedades cicatrizantes contidas na planta, que facilita a digestão e consegue aumentar o nível do colesterol bom no corpo.

Consumo

Você pode consumir a garra de diabo em forma de chá e em forma de cápsulas concentradas, em ambos os casos o acompanhamento médico é indispensável. Gestantes, lactantes e crianças só podem ingerir o chá após autorização medica. As cápsulas você encontra em lojas e sites especializados em produtos naturais, mas chá você pode fazer em casa sem nenhum mistério:

  1. Ferva ½ litro de água e acrescente uma colher de sopa de raízes de garra do diabo picadas;
  2. Tampe a panela e deixe o chá descansar por dez minutos;
  3. Coe e beba, se preferir, adoçado com mel ou açúcar mascavo.

É recomendado o consumo de até três xícaras de chá por dia, entre as refeições, por um período de no máximo 15 dias corridos.

Veja mais!