Publicado por Redação

Nesse artigo você vai poder conferir se o chá de urucum emagrece, quais seus benefícios, quais doenças consegue evitar e/ou tratar e a forma de preparar a bebida. Confira receitas e curiosidades sobre essa planta. Boa leitura!

Urucum é chamado cientificamente de Bixa orellana. Ele pertence à família das bixáceas. Em outros lugares do mundo, o urucum recebe outros nomes.

Em países cujo espanhol é a língua oficial, ele se chama achiote, bijol, chiote ou onoto. Em inglês é achiote ou annatto. Na França, você encontrará o Urucum por rocou, já na Alemanha o nome dele é orleansstrauch.

Sua origem é a América Central e o seu arbusto pode atingir até seis metros de altura. As demais características da planta são: folhas grandes e flores rosas. O destaque é para o fruto em forma de cápsulas com espinhos moles.

O urucum torna-se vermelho escuro quando está maduro e em poucos dias ele se abre e mostra as numerosas sementes bem pequenas que ficam dentro da cápsula.

O chá de urucum combate a prisão de ventre reduzindo inchaços

O urucum torna-se vermelho escuro quando está maduro (Foto: depositphotos)

Chá de urucum emagrece?

A relação do urucum com o emagrecimento é antiga. Porém não há nenhuma relação direta entre o seu consumo e a perda de peso.

O que acontece é que qualquer chá tem poucas calorias e ajudam na saúde, logo se você adquire hábitos mais saudáveis vai ficar mais magro, como consequência.

Uma das formas que o urucum pode atuar no organismo para a perda de peso é quando ele ajuda a acabar com a prisão de ventre. Assim, o inchaço diminui e você vai pesar menos na balança.

Outro detalhe importante no consumo do chá de urucum para emagrecer é que ele dá uma sensação de saciedade maior. Na prática, isso vai fazer com que a pessoa coma menos entre as principais refeições.

Veja também: Suco de nabo emagrece? Veja benefícios

Composição do urucum

O urucum é rico em óleo essencial, proteínas e betacaroteno. Em 100 g de semente do fruto encontramos: duas miligramas de vitamina C; 15 miligramas de vitamina A; 0,05 de vitamina B2 e 0,03 de B3; sete miligramas de cálcio; 10 miligramas de fósforo e 0,80 miligramas de ferro.

Já o seu óleo essencial é muito nutritivo. Ele tem: betacaroteno, flavonoides e vitamina C. Por isso, é bastante empregado na produção de cosméticos em geral, como cremes, protetores solar e bronzeadores.

Usos do Urucum

Os usos do urucum são muitos. Ele é bastante utilizado por índios brasileiros e peruanos, principalmente como tintura. A sua casca quando madura tem muito pigmento vermelho, isso o torna um poderoso corante natural.

Os nativos o utilizam muito sobre a pele também como protetor dos rádios solares e como repelente.

Na culinária, o urucum é transformado em colorau. Um pigmento especial que dá mais cor às carnes e quase não tem sabor. Ele é largamente utilizado em países onde os corantes comestíveis artificiais são proibidos, como na Europa.

Veja também: A noz da Índia emagrece mesmo? Descubra

A causa da proibição é que alguns estudos dão conta que os corantes artificiais podem causar diversas doenças, entre elas o câncer.

Os pigmentos presentes no urucum são dois: bixina, responsável pela cor vermelha, e a orelhena, que dá a cor amarelada.

Uso medicinal do Urucum

O consumo de urucum proporciona alguns benefícios para a saúde. Por conta da sua rica composição em vitamina C, ele serve como expectorante. Além disso, é indicado para doenças de coração, prisão de ventre, hemorroidas.

Para a pele, o urucum também tem seus efeitos: remove manchas, verrugas, rejuvenesce e serve como repelente de insetos.

Receita de chá das folhas de urucum

Ingredientes

  • 10 folhas de urucum;
  • 1 litro de água.

Modo de fazer

Ferva o litro de água em uma panela. Quando levantar fervura, adicione as 10 folhas de urucum (importante estarem bem lavadas com água mineral e deixar de repouso em duas gotas de alvejante ou cloro).

Depois disso, é só coar e beber três vezes ao dia depois das principais refeições.

Veja também: Farinha de ameixa emagrece? Descubra e veja preços

Receita de farofa com óleo de urucum

Você também pode utilizar o óleo de urucum na culinária. Essa farofa, por exemplo, fica uma delícia e serve de acompanhamento para feijoada, peixes ou carnes.

Ingredientes

  • 100 g de farinha de mandioca torrada;
  • 50 g ml de óleo de urucum;
  • 40 g de cebola picada;
  • Sal refinado a gosto;
  • Pimenta-do-reino a gosto.

Modo de fazer

Descasque e rale a cebola. Em uma panela em fogo baixo, refogue a cebola ralada no óleo de urucum. Quando a cebola ficar dourada, adicione a farinha de mandioca torrada, sal e pimenta e mexa bem até todos os ingredientes ficarem bem misturados.

Outras receitas com urucum

Você pode adicionar o colorau, cuja base é o urucum, em praticamente todas as receitas que pedem por um colorífico. As carnes vermelhas no molho são as principais, mas o tempero também pode ser colocado em peixes, moquecas, frangos e molhos vermelhos para massas.

Veja também: Suco de brócolis serve para emagrecer? Confira receita e seus benefícios

Mas lembre-se que o colorau quase não dá gosto aos pratos, ele serve, sobretudo, para dar cor de forma natural, sem precisar de corantes sintéticos.

Veja mais!