Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Normalmente quando ouvimos falar em dietas detox, percebemos que elas estão mais direcionadas à depuração de outros órgãos, como o fígado, intestino e rins. Mas será que é possível fazer também a depuração do estômago com alimentos detox?

Estômago

O estômago tem funções extremamente importantes e essenciais para o processo digestivo, e por isso também precisamos cuidar dele para que as funções sejam desempenhadas de forma adequada e equilibrada.

O desequilíbrio do estômago pode acontecer devido às toxinas às quais somos expostos diariamente, presentes não apenas no meio ambiente, mas nos produtos químicos e até mesmo alguns alimentos. Algumas pessoas podem vir a ter problemas no estômago devido à presença dessas toxinas, e por isso é essencial encontrar formas de eliminá-las.

Descubra como depurar o estômago

Foto: Reprodução/ internet

Problemas que desequilibram o funcionamento do estômago

Entre os problemas que ajudam a desequilibrar a atuação do estômago e a digestão, estão a intolerância a algum alimento, como glúten e lactose, por exemplo; ingestão de alimentos não saudáveis por longos períodos, como frituras, açúcares e farinhas refinadas; má mastigação de alimentos, pular refeições e alimentar-se de forma exagerada; problemas emocionais, estresse e ansiedade; ingestão regular de medicamentos; predisposição genética, entre outros.

Mas como depurar o estômago?

Tendo frisado a importância desse órgão, vamos descobrir os benefícios de depurar o estômago e como fazer isso? A depuração do estômago pode ajudar a obter mais energia, melhorar o sistema imunológico, além de ajudar na perda de peso. Não são recomendadas de forma alguma as dietas radicais, por exemplo, aquelas baseadas na ingestão somente de líquidos. Estas podem deixar o organismo carente de alguns nutrientes.

Depurando o estômago

O primeiro passo, portanto, é conhecer o seu próprio corpo, entendendo quais são os alimentos que podem lhe fazer mal ou causar má digestão, por exemplo. Dependendo da pessoa, esses alimentos podem envolver trigo e feijão ou laticínios, por exemplo. Ao notar quais são eles, elimine de sua dieta temporariamente.

Mantenha uma alimentação equilibrada, sempre evitando frituras, gorduras saturadas, açúcar e farinhas refinadas, e priorize sempre a ingestão de proteínas magras, gorduras saudáveis, frutas e vegetais.

Frutas e vegetais

Algumas frutas e vegetais contam com altos níveis de fibra, e estes são os mais eficazes para a desintoxicação do corpo. Os melhores são brócolis, espinafre, couve, aspargos, couve-flor e alcachofra, e as frutas abacate – gordura saudável -, tomate, melancia, goiaba e frutas silvestres.

Ervas e temperos

Temperos podem ajudar, além das ervas normalmente usadas para o preparo de chás. A erva-doce – reduz inchaço, gases e acidez –, gengibre – anti-inflamatório e termogênico –, hortelã – calmante do sistema digestivo –, noz moscada – regula o intestino –, e a cúrcuma – detox e fortalece a imunidade – podem ajudar nesse processo.

Água

A ingestão de água é essencial: ao manter o seu corpo hidratado, você melhora a circulação sanguínea e consequentemente facilita a eliminação das toxinas.

Veja mais!