Publicado por Redação

Descubra nesse post como se faz chá de canela de velho, para que ele serve e quais as contraindicações dessa bebida.

Para quem ainda não sabe, essa erva é consumida tanto na forma de infusão, feita com as folhas, ou em cápsulas e até em gotas.

A planta é usada em tratamentos para várias doenças, como artrite e artrose e até mesmo para ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue de diabéticos.

Mas vale lembrar que nunca se deve abandonar os tratamentos convencionais e o médico deve ser sempre avisado a respeito do consumo de qualquer outra substância.

Descubra como se faz o chá de canela de velho em casa

O chá de canela de velho pode ser feito de duas maneiras, com as folhas frescas e com elas desidratadas. Em todo o caso, o processo é o mesmo e a infusão deve ser consumida no máximo três vezes por dia, geralmente antes das refeições.

Chá amarelo em xícara

Essa infusão deve ser consumida até três vezes por dia e sempre após as refeições (Foto: depositphotos)

Para fazer o chá com as folhas frescas você vai precisar de 15 folhas da planta e 1 litro de água. Em primeiro lugar, é preciso deixar o líquido no fogo até ferver. Logo depois, colocar as folhas da canela de velho e deixar cozinhar em fogo baixo por cerca de 15 minutos.

Após esse tempo, é necessário que a infusão fique tampada por pelo menos 1 hora. Após isso, o chá deve ser coado e está pronto para ser consumido.

Quem optar por usar as folhas desidratadas, deve ferver 1 litro de água e colocar 4 colheres (de sopa) das folhas secas. Também é preciso deixar a infusão tampada por pelo menos 1 hora e coar tudo antes de beber.

É preciso coar o chá em um pano de prato limpo, para retirar todos os pequenos pelos que ficam espalhados pela folha e podem ter um gosto desagradável.

Canela de velho em cápsulas

Quem não gostar de beber chás, tem a opção de consumir a canela de velho em cápsulas. Elas são encontradas em lojas de remédios fitoterápicos e contém cerca de 500 mg da erva desidratada e moída e servem para os mesmos tratamentos que são feitos à base da infusão das folhas da planta.

O consumo deve ser feito com cuidado, do mesmo modo que o chá. O recomendado é tomar de duas a três cápsulas por dia, antes das refeições. O preço de um pote com 180 cápsulas é de aproximadamente R$ 40.

Canela de velho em gotas

Uma outra opção de consumo é o extrato concentrado de canela de velho em gotas. Ele é preparado para ser tomado com água e é ideal para quem não tem tempo de preparar o chá.

O modo de consumo é pingando 20 gotas do concentrado de canela de velho em um copo de água. O ideal é beber a mistura no máximo três vezes por dia, antes das refeições. O produto é encontrado em lojas de produtos naturais e remédios fitoterápicos.

Para que serve essa erva?

Entre os benefícios da canela de velho está o tratamento de doenças reumáticas, como artrite e artrose. Isso acontece porque a erva possui compostos anti-inflamatórios naturais, que ajudam a conter o avanço dessas doenças.

Além disso, a planta tem capacidade antinociceptiva. Dessa maneira, há uma diminuição dos estímulos que causam a dor.

Outros usos da canela de velho é no tratamento de diabetes, uma vez que a planta é benéfica para diminuir os níveis de glicose no sangue. Ela também é muito usada para tratar problemas estomacais e intestinais, como má digestão e prisão de ventre.

Além destes usos, o consumo do chá ou dos derivados da canela de velho podem ajudar a diminuir os inchaços causados por algumas doenças e possuem efeitos antioxidantes. Dessa maneira, protegem o corpo do envelhecimento precoce.

Canela de velho e seus efeitos colaterais

A canela de velho não possui muitos efeitos colaterais e todos eles estão relacionados ao consumo em excesso das substâncias que existem nas folhas. Os principais efeitos que podem aparecer com o uso contínuo são:

  • Problemas intestinais
  • Mau funcionamento do fígado
  • Diminuição dos níveis de glicose no sangue
  • Intoxicação por causa de alumínio

Vale sempre destacar que sempre que sentir qualquer um desses efeitos, é necessário suspender o tratamento e procurar um médico. Grávidas e lactantes devem evitar o consumo em orientação médica.

Problemas intestinais

O consumo exagerado do chá de canela de velho pode prejudicar o funcionamento do intestino e trazer algumas complicações.

Como ela ajuda no tratamento de prisão de ventre, beber acima do recomendado pode causar o efeito contrário. Dessa maneira, todo o funcionamento do intestino fica comprometido.

Mau funcionamento do fígado

O consumo em excesso das substâncias contidas na canela de velho pode causar problemas no fígado. Elas podem estar ligadas ao mau funcionamento do órgão e pode causar diversos problemas para saúde, principalmente na digestão e eliminação de toxinas do organismo.

Diminuição dos níveis de glicose no sangue

Com um consumo moderado, a erva ajuda a controlar os níveis de glicose no sangue de diabéticos. Contudo, em excesso pode causar hipoglicemia, que é quando os níveis de açúcar no sangue ficam abaixo do recomendado.

Dessa maneira, os sintomas podem ser desde tontura e palidez, até confusão mental e desmaios.

Intoxicação por alumínio

Algumas pesquisas dizem que a canela de velho tem a capacidade de absorver o alumínio encontrado no solo e armazenar em suas folhas. Estas plantas são encontradas principalmente no cerrado, uma região com altas concentrações desse metal no solo.

Dessa maneira, é possível que os níveis de alumínio encontrados nas folhas da erva sejam muito elevados e o consumo excessivo do chá pode causar uma intoxicação pelo metal.

Os principais sintomas desse problema é prisão de ventre e cólicas intestinais. Se sentir qualquer um desses sintomas, é necessário procurar um médico.

Onde encontrar a canela de velho?

A canela de velho pode ser encontrada em feiras e lojas de produtos naturais. Os preços variam dependendo do local, mas as mudas podem ser vistas por uma média de R$ 40 em lojas de jardinagem online.

Quem não tiver espaço para plantar, pode procurar as folhas frescas em feiras livres ou as desidratadas em sites e casas de produtos naturais. Um saco com cerca de 200 gramas, custa em média R$ 15.

Dessa mesma maneira, há a possibilidade de comprar as cápsulas ou o remédio em gotas por um preço médio de R$ 40. A quantidade entregue é o suficiente para o consumo mensal de uma pessoa.

Chá de canela de velho como um tratamento complementar

Agora que você sabe como fazer o chá de canela de velho e para que ele serve, é bom lembrar que os tratamentos passados pelo médico nunca devem ser abandonados. Dessa maneira, o uso do chá ou das cápsulas, deve ser aliado e sempre liberado por um médico.

Veja mais!