Publicado por Redação

Viver em uma época de crise financeira não é uma tarefa fácil. Mas o árduo momento que exige bastante disciplina e autocontrole também pode acabar servindo como um grande aprendizado.

Quando estamos passando por um momento de difícil acesso ao dinheiro é preciso repensar absolutamente em tudo o que consumimos e começar a filtrar quais daquelas coisas realmente são indispensáveis.

E obviamente a comida entra na lista dos itens em que não podemos simplesmente ignorar. Mas existem alguns alimentos que ao mesmo tempo em que possuem um grande valor nutricional, ainda saem baratos para praticamente todos os bolsos.

Alimentos saudáveis e baratos

Batata doce

Em tempos de crise, vale investir nesse alimento

A batata doce é um tubérculo nutritivo e barato (Foto: depositphotos)

A batata doce é um alimento que ajuda a fornecer energia, ajuda a reduzir cãibras, faz bem para a pele, previne a anemia, regula a diabetes e o colesterol e fortalece o sistema imunológico.

O tubérculo além de ser extremamente saudável ainda possui um preço bastante acessível.

Veja também: Benefícios de comer salada todos os dias

Abóbora

A abóbora tem o preço ideal para quem está em um período de tentativa de economizar dinheiro

A abóbora é rica em sabor e nutrição e possui baixo preço (Foto: depositphotos)

A fruta que ajuda a tratar diversas disfunções do estômago e sistema urinário, também é rica em vitaminas A, do complexo B, cálcio e fósforo.

A abóbora (jerimum ou moranga) tem uma fácil disponibilidade no mercado brasileiro, possuindo também um preço ideal para quem está em um período de tentativa de economizar dinheiro.

Mandioca

O tubérculo além de ser barato faz um bem enorme à saúde

A mandioca é fácil de encontrar e não onera no bolso (Foto: depositphotos)

Frita, cozida ou como ingrediente para bolos, tapiocas e tantas outras receitas, a mandioca é um dos alimentos mais versáteis e facilmente encontradas no Brasil.

O tubérculo além de ser barato faz um bem enorme à saúde, pois é uma fonte riquíssima de cálcio, ferro, fósforo, potássio e vitamina do complexo B.

Veja também: Quantas calorias devo perder por dia para conseguir emagrecer?

Sardinha

A sardinha é o peixe consumido até mesmo pela população mais pobre de pescadores

O alimento é rico em ômega-3, vitamina B12 e D (Foto: depositphotos)

A sardinha é o peixe consumido até mesmo pela população mais pobre de pescadores. Tudo isso graça à grande quantidade do peixe que é anualmente pescado no Brasil (em um ano foram retiradas mais de 100 mil toneladas de sardinha entre SP – SC).

O alimento ainda é rico em ômega-3, vitamina B12 e D, cálcio, triptofano, proteína e fósforo, ajudando a fortalecer os ossos, o sistema imunológico e prevenindo a anemia.

Veja mais!