Publicado por Redação

Uma das coisas mais comuns das nossas práticas de higiene pessoal é usar o cotonete para limpar as sujeiras do ouvido. Mas você sabia que esse hábito pode acabar gerando sérios danos auditivos, podendo até levar à surdez.

Muitas vezes usamos o cotonete, grampo de cabelo e chaves para coçar o ouvido. Essa é outra prática que também deve ser abolida. Pois colocar objetos pequenos dentro do órgão pode acabar furando os tímpanos e deslocando os ossos auditivos.

Segundo o especialista Seth Schwartz, presidente da academia estado-unidense Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço, a cera é algo saudável e natural e o mais indicado seria deixá-la fazer o seu trabalho, que é manter nossos ouvidos protegidos, lubrificados e limpos.

Cuidado! Limpar o ouvido com cotonete pode levar à surdez

Foto: depositphotos

Graças a cera produzida, agente externos como sujeira, poeira e até mesmo insetos não conseguem avançar para o canal auditivo. A única cera que deve ser removida e lavada na hora do banho é aquela em excesso, que geralmente é empurrada para o lado de fora devido aos movimentos da mandíbula e ao crescimento da pele para dentro do canal.

É algo “cultural” querer limpar muito dentro do ouvido. Mas limpar a cera que está externa do ouvido já é suficiente. “Não é uma coisa ruim ter cera, todo mundo tem. Mas é um problema quando há um monte. Se você tiver sintomas como dor, drenagem, sangramento ou perda de audição, então você tem um problema. Procure um médico”, contou Schwartz, em uma entrevista divulgada pela CNN Espanhol.

“Para aqueles com deficiência auditiva, usar cotonetes ou compressas de algodão pode empurrar a cera mais profundamente no canal auditivo e causar danos tímpano. Cerca de 2% dos adultos com cera compactado vão ao médico com perda auditiva como um sintoma”, revelou o diretor Instituto Nacional de Surdez e Outros Distúrbios da Comunicação, James Battey, em uma entrevista para o portal.

Veja mais!