Publicado por Redação

O azeite de oliva é um ingrediente que está presente na nossa culinária há milênios. Ele é uma ótima forma de manter a comida saborosa e mais saudável. E usando aproximadamente 30 ml do azeite por dia, ele pode te ajudar a combater doenças como o câncer.

Além do câncer, ele também pode prevenir problemas como a osteoporose, diminuir os riscos da depressão, é um excelente anti-inflamatório, combate o Alzheimer, deixa o sistema imunológico mais forte, protege contra doenças reumáticas, cataratas e outros problemas oculares, mantém a pele e cabelo bonitos e ainda emagrece.

Benefícios comprovados cientificamente

Eficácia do azeite de oliva é comprovada em pesquisas científicas

Foto: depositphotos

Uma pesquisa realizada pelo Hospital Universitário de Copenhagen, na Dinamarca comprovou que as pessoas que consumem pelo menos uma colher de azeite de oliva por dia, apresentam níveis mais baixos de uma substância que enfraquece as células do corpo e possuem a imunidade mais elevada.

Os pesquisadores também confirmaram que o azeite ajuda a evitar a propagação dos radicais livres, agindo contra o aumento dos tumores.

Azeite de oliva: um importante aliado na luta contra o câncer

Existe um gene chamado Her-2/neu que está presente em 20% dos casos de câncer de mama. A pesquisa apontou que o ácido oleico, presente no azeite de oliva, ajuda a reduzir significativamente esse gene. E ainda aumenta a potência do medicamento usado para combater esse problema.

Ainda segundo a pesquisa, o consumo do azeite de oliva pode ser um dos grandes responsáveis pela baixa incidência de câncer, de modo geral, nos países mediterrâneos. O consumo diário do azeite de oliva extra virgem, fornece uma carga de antioxidante para o corpo que ajuda a reduzir a oxidação pela anulação da peroxidação dos lipídios, que é o que causa as doenças coronarianas e câncer.

Veja mais!