Publicado por Débora Silva
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A erva de passarinho, de nome científico Struthanthus flexicaulis, é uma planta considerada como uma das hemiparasitas brasileiras mais comuns, sendo também conhecida como enxerto de passarinho, passatinheiro e visgo. Pertencente à família das Loranthaceae, esta erva parasita cresce espontaneamente em vários estados do nosso país, destacando-se a sua ampla distribuição nas regiões do cerrado do Brasil central.

Erva de passarinho - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

A erva de passarinho ganhou este nome porque se espalha com a ajuda dos passarinhos: estes comem as suas sementes, que são eliminadas mais tarde nas fezes. Esta espécie de planta possui ramos longos e flageliformes, que se enrolam na copa das hospedeiras e produzem novos ramos que parasitam as plantas vizinhas. É uma planta parasita que ataca geralmente as plantas lenhosas e as árvores, sugando a sua seiva e, se não for retirada, pode até causar sua morte. No entanto, o chá da erva de passarinho possui propriedades benéficas para tratar alguns males. Confira a seguir:

Os benefícios e as indicações de uso

Com propriedade adstringente, a erva de passarinho é benéfica e seu uso é indicado no tratamento de casos de afecções das vias respiratórias, tosses, bronquite, pneumonia, pontada, doenças do útero, dor no peito, hemoptise, hemorragia e pleurisia.

Como usar a erva de passarinho?

A parte utilizada da erva de passarinho são as suas flores frescas e existem duas maneiras de utilizar esta planta, levando-se em consideração os males a serem tratados.

O suco das folhas frescas da erva de passarinho é usado para tratar dor no peito, pontada, pleurisia, hemoptise, bronquite, pneumonia e outras afecções respiratórias. A decocção das folhas da erva parasita é usada no tratamento das doenças do útero e hemorragias.

Como preparar o chá de erva de passarinho?

Ingredientes:

– 2 colheres de sopa da erva;
– Um litro de água.

Modo de preparo:

Adicione duas colheres de sopa da erva de passarinho em um litro de água fervente e deixe levantar fervura. Após isso, desligue o fogo e deixe abafando por aproximadamente 10 minutos. A indicação de consumo é de duas a três xícaras deste chá ao dia. Para crianças, a posologia indicada é de 1/3 a ½ da dose, de acordo com a idade.

Contraindicações e efeitos colaterais

Não foram encontrados contraindicações e efeitos colaterais na literatura consultada, mas lembre-se de consultar um especialista antes de iniciar qualquer tratamento.

Veja mais!