Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Bastante tradicional na culinária brasileira, o feijão de corda, também conhecido como vagem, feijão verde e, cientificamente, vigna unguiculata, é um alimento bastante nutritivo e dotado de inúmeras vitaminas e propriedades que o torna um aliado forte da saúde do organismo.

Se preparado de forma correta e saudável, além de combinado com um cardápio balanceado e a prática regular de exercícios físicos, este alimento natural garantirá os nutrientes necessários para o corpo. De modo que, assim, esse alimento deve ser preparado, por exemplo, sem a presença de ingredientes gordurosos, como a manteiga e temperos dotados de muitos conservantes.

Benefícios e propriedades do feijão de corda

Fonte de inúmeros e excelentes nutrientes para o corpo, como as vitaminas A, C e K, o feijão verde é dotado ainda de alto teor de fibras em sua estrutura natural, além, claro, de substâncias que agem como antioxidantes no interior do organismo. Tais efeitos benéficos tornam esse grão um aliado da saúde humana.

Feijão de corda: benefícios e propriedades

Foto: Pixabay

Também conhecido como vagem, o feijão de corda é rico também em luteína, zeaxantina e beta-caroteno, substâncias responsáveis por garantir uma visão noturna aprimorada e ainda por defender os olhos dos efeitos da luz azul. A presença da vitamina A na composição desse alimento natural é a grande responsável por tais benefícios. Por outro lado, a vitamina K é responsável por estimular a saúde dos ossos, auxiliando a estrutura ósseo na obtenção de minerais.

Agindo como antioxidante, a vitamina C auxilia o organismo a combater a atuação dos radicais livres, esses que são responsáveis por causar efeitos nocivos às células saudáveis do corpo. A produção de colágeno, a qual ajudar a fortalecer pele, ossos e tendões é outro benefício dessa vitamina. Já as fibras, por sua vez, auxiliam na redução do colesterol.

Modo de preparo do feijão de corda

A melhor e mais saudável forma de preparar o feijão verde é excluindo da receita de preparo substâncias gordurosas, a exemplo da manteiga, assim como condimentos industrializados. Troque-os, por exemplo, por azeite de oliva e legumes como tomate, cebola, pimentão e cenoura.

Veja mais!