Publicado por Lia Vieira
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Muitas pessoas adoram consumir bebidas alcoólicas como, cerveja, whisky e vodca. E, principalmente nos finais de semana, essas pessoas acabam passando dos limites. A questão é, como sobreviver com a ressaca no dia seguinte?

Dores de cabeça, mal estar e cansaço são alguns dos sintomas proporcionados por ela, no entanto, algumas frutas são verdadeiros remédios naturais para esse problema.

Vamos conhecer neste artigo alguns tipos de frutas, legumes e verduras que irão garantir uma melhora significativa quando surgir o problema da ressaca, confira!

Banana: rica em potássio

O potássio é um dos nutrientes mais eliminados do organismo durante a bebedeira, por isso é muito importante que o indivíduo coma alimentos ricos nesse nutriente no momento da ressaca.

A falta de potássio pode causar problemas no sistema nervoso e muscular, por conseguinte devemos ingerir: banana, batata e suco de laranja. Alimentos ricos em potássio.

Frutas podem ser grandes aliadas para ressaca

Foto: Reprodução

Frutose: açúcar oriundo das frutas

Uma das maneiras mais simples e rápidas de recuperar as reservas de energia após uma noite (ou dia) de bebedeira é através da frutose.

A frutose é encontrada em todas as frutas (laranja, morango, mamão, melão, abacaxi, manga, entre outros). Ela acelera o processamento do álcool pelo corpo, eliminando por completo aquela sensação de cansaço da ressaca.

Água: recupera o líquido perdido

A desidratação é uma das maiores dores de cabeça durante a ressaca. É extremamente importante que a pessoa com ressaca beba muita água.

O álcool faz com que as pessoas urinem mais do que o normal, realizando uma grande perda de água no organismo.

Em razão disso, o corpo tenta se reidratar roubando água do cérebro, que acaba ficando um pouco menor do que o normal. As membranas que conectam o cérebro ao crânio são esticadas, ocasionando a dor de cabeça.

De fato, a água não fará a dor passar em minutos, mas a reidratação é essencial para a revitalização do organismo.

Atenção especial ao fígado

Procure ingerir alimentos que protegerão o seu fígado, antes e depois de ingerir álcool.

Dica: suco de beterraba com alho (cru) para turbinar o órgão. Inclua em sua refeição alimentos com gordura poli-insaturada, encontrada em peixes e azeite de oliva extravirgem.

Beba moderadamente

Sempre que for beber com os amigos, busque intercalar a bebida com quitutes e copos de água. Desta forma, o álcool não fica sozinho no estômago e, claro, você acaba bebendo menos.

Petiscos com carboidratos ou gordura retardam a absorção do álcool, como, por exemplo: castanha, amendoim, queijo, salame, entre outros.

Durante as ressacas evite o consumo de café

O famoso café matinal amargo deve ser evitado. A bebida tem propriedades diuréticas, ou seja, o café irá colaborar ainda mais com a desidratação de seu organismo. E pior: com a sua ressaca.

Ressaca pede alimentos leves: frutas, legumes e verduras

No dia da ressaca consuma alimentos de fácil digestão para não estressar ainda mais o organismo, já debilitado pelo esforço de processar o álcool.

Dica: sua alimentação deve ser rica em:

  • Frutas: abacaxi, açaí, acerola, ameixa, abacate, banana, maçã, caju, caqui, coco, cereja, goiaba, jabuticaba, jaca, kiwi, laranja, limão, pera, pêssego, uva, melancia, melão, mamão, maracujá, pitanga, tomate, entre outros;
  • Verduras: acelga, agrião, alface, almeirão, brócolis, couve, rúcula, couve-flor, espinafre, rabanete, repolho, entre outros;
  • Legumes: abóbora, berinjela, beterraba, cenoura, chuchu, ervilha, jiló, mandioca, milho verde, moranga, pimentão verde, vermelho e amarelo, pepino, quiabo, vagem, gengibre, entre outros.

Veja mais!