Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

As tão temidas celulites não deixam muitos escaparem da sua presença, e com isso o mercado de cosméticos ao redor do mundo vem sendo alimentado com mais e mais produtos que prometem efeitos milagrosos para a eliminação das celulites. Mas esses produtos de nada vão adiantar se você não evitar consumir os alimentos que estimulam o aparecimento delas, pois ao mesmo tempo que o produto vai estar combatendo, sua alimentação vai estar contribuindo para a formação.

O que fazer para não ter celulites?

O primeiro passo, como começamos a explicar no parágrafo anterior, é manter uma alimentação saudável e equilibrada, envolvendo o maior consumo de água, assim como a prática de exercícios e o uso de produtos que sejam comprovadamente combatentes da celulite. Mas o que muita gente não sabe é que existem alimentos que contribuem para o surgimento destas. Vamos descobrir quais são?

Alimentos que causam celulites

Bumbum de mulher com celulite

Foto: Depositphotos

Entre os alimentos que causam celulites, podemos citar:

  • Açúcar branco: pode ser facilmente trocado pelo açúcar mascavo, pelo mel de abelha, pelo xarope de ácer, pelo mel de cana de açúcar, pelo xarope de agave, pelo melaço de cereais, entre outros. Além de não fornecer nenhum nutriente para o organismo, contém as “calorias vazias”, que contribuem para o surgimento de diabetes do tipo II, celulites e para o ganho de peso, podendo, também, danificar os dentes.
  • Sal refinado: o sal refinado pode ser substituído pelo sal marinho ou pelo sal do Himalaia, que são ricos em minerais e oligoelementos que, em pequenas quantidades, fazem bem ao organismo. O sal refinado é rico em cloreto sódico, causando malefícios à saúde, além de causar a retenção de líquidos e a má circulação, que atuam no surgimento das celulites.
  • Frituras: as frituras podem ser substituídas por alimentos grelhados, cozidos, refogados, etc. Quaisquer alimentos fritos acabam adquirindo um teor bastante alto de gorduras, que quando são aquecidas a altas temperaturas – e são de má qualidade – liberam substâncias tóxicas que são acumuladas no organismo.
  • Bebidas alcoólicas: esse tipo de bebida favorece a retenção de líquidos e o aumento do depósito de gorduras em regiões determinadas, como os glúteos, abdômen, braços e coxas. São as famosas “calorias vazias”, assim como o açúcar branco. Procure substituir as bebidas alcoólicas por chás, sucos naturais e água.
  • Fast Food: de uma forma geral, o fast food contém farinhas refinadas, açúcares e sais, assim como gordura trans, todos muito maléficos para o organismo. O organismo fica, com o consumo desses alimentos, sem receber nutrientes, mas além disso, envia esses componentes para as reservas, que são o acúmulo de gorduras e de celulite. O alimento não sacia a fome, fazendo com que, além de consumirmos essa bomba calórica e de malefícios à saúde, estejamos sujeitos a comer mais para nos mantermos saciados.

Veja mais!