Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Popularmente conhecida como um excelente energético, a fruta guaraná é, de fato, eficaz nesta função. Rica em cafeína e teobramina, intensifica a resistência física e mental e, por conter catequina, uma substância responsável por impedir a destruição das células do corpo e desacelerar o envelhecimento, é também um excelente antioxidante.

Guaraná

Foto: Reprodução

A fruta também é eficaz no combate à obesidade, já que a fruta aumenta o gasto calórico diário e diminui o apetite, mantendo o nível de glicose no sangue estável. Na prevenção ao câncer, funciona como um freio para os tumores, evitando sua proliferação.

A lenda por traz do guaraná

A lenda diz que o guaraná apareceu no Brasil por obra de Tupã, um poderoso deus indígena. Atendendo às preces de um casal de índios que não podia ter filhos, ele lhes deu uma criança bondosa. No entanto, a generosidade da criança irritou Jurupari, o deus da escuridão, que deu fim à vida do menino. Com a tragédia e o desamparo da mãe, Tupã pediu a ela que semeasse os olhos do jovem na terra, pois assim traria bons frutos. Nasceram então naquelas terras os primeiros arbustos desta planta, Paullinia cupana, popularmente conhecida como guaraná e de aparência muito semelhante aos olhos.

Os agentes do bem

Os benefícios oferecidos pela fruta são consequência da presença de algumas substâncias como a cafeína, teobromina, teofilina, proteínas, açúcares, amido, tanino, potássio, fósforo, ferro, cálcio, tiamina e vitamina A. É indicado em casos de estresse físico e mental, enxaquecas, nevralgias, cólicas, febres e câimbras. A cafeína presente na fruta estimula ainda o coração, aumentando a vazão de sangue.

Seus benefícios podem ser encontrados também em refrigerantes, xaropes, e outros produtos industriais que usam o guaraná em sua fórmula, além de ser utilizado na indústria farmacêutica.

Para que usar?

Uma mistura muito popular no consumo da fruta é o guaraná com açaí, que ajuda a intensificar o teor energético e estimulante, além de outros benefícios que a fruta oferece.

A semente do guaraná é adstringente, afrodisíaca, analgésica, antibacteriana, antitérmica, desinfetante, diurética, estimulante e tem papel eficaz na regulagem do intestino. É muito indicada para cefaléia, depressão, dores de estômago, diarréia, problemas gastrointestinais, infecções, estresse, fadiga física e mental e impotência sexual. Não há restrições de uso, mas quando há consumo excessivo e frequente pode causar falta de sono e dependência.

Escrito por Natália Petrin

Veja mais!