Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Também conhecida como hamamelia e avaleira de bruxa, a hamamelis é comumente usada em remédios para a pele. Com ação adstringente, hemostática, venotônica e vaso protetora, a hamamelis é uma planta arbustiva ou arbórea de pequeno porte, e chega normalmente aos três metros de altura. Suas flores amarelas florescem no inverno, e seu fruto, cápsula lenhosa, contém de duas a quatro sementes. O sabor dos frutos é semelhante ao do pistáscio, e foram muito consumidos pelos índios americanos. Foi levada para a Inglaterra em 1736 e desde então seu uso tem sido disseminado para fins medicinais e como planta ornamental.

Hamamelis - Os seus benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Propriedades e indicações de uso

Todas as suas partes são usadas para os fins medicinais, e é muito empregada tanto na fitoterapia quando na homeopatia. Seus benefícios são relacionados à grande concentração de taninos, uma vez que a casca pode chegar a possuir até 12% da substância. Os taninos provocam a precipitação proteica tornando as camadas superficiais de pele mais seguras, gerando um encolhimento das estruturas da pele e uma vasoconstrição responsável por diminuir as hemorragias. Pode ser encontrada na forma de cápsulas, chás, cremes, pomadas, folhas secas, tintura, entre outras.

É usada em muitos produtos cosméticos e de higiene pessoal, além de ser indicada para tratamento de varizes e diversos problemas circulatórios.

Chá de hamamelis

O chá de hamamelis é muito usado internamente para o tratamento de disenterias, constipações, tosse, purificação do sangue e redução de sangramento menstrual. Externamente, é eficaz no tratamento de cortes, picadas, queimaduras na pele, inflamações oculares e hemorroidas, além de varicosas, problemas circulatórios, varizes, pernas cansadas, eczema, couperose e sangramento de feridas.

As infusões e as cápsulas são ingeridas para promover a reabsorção de edemas venenosos aliviando os sintomas e tratando os problemas citados acima.

O chá de hamamelis feito com duas colheres de chá de folhas secas e uma xícara de água, pode ser usado para reduzir o inchaço e aumentar a saúde. Ele ajuda a acabar com a retenção de líquidos e acelerar o metabolismo, potencializando os efeitos de uma dieta saudável e dos exercícios físicos praticados na eliminação de gorduras e peso.

Para preparar o chá, recomenda-se a dosagem de 2g das folhas secas para cada 150 ml de água. Coloque a água com as folhas em um recipiente e leve ao fogo e, ao alcançar fervura, deixe por mais dois minutos e então desligue. Quando amornar, coe e consuma uma xícara de chá por dia sem açúcar ou adoçante.

Contraindicações e reações adversas

É importante observar a quantidade indicada para a ingestão da hamamelis, uma vez que, quando consumida em excesso, pode provocar distúrbios gastrointestinais como náuseas e vômitos, ou uma eventual hepatoxicidade que pode afetar o fígado e os rins. O consumo da planta é contraindicado para gestantes ou mulheres em fase de lactação devido à falta de estudos relacionados à ingestão por este perfil.

Veja mais!