Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A planta medicinal de nome Hidraste pertence à família das Ranunculaceae, e também é conhecida como hidrastis, goldenseal e raiz amarela, a planta era conhecida desde os tempos mais antigos pelos seus benefícios e propriedades para a saúde humana. De nome científico Hydrastis canadenses L., a planta pode ser encontrada para fins medicinais em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação.

Benefícios e propriedades

O hidraste pode ser usado para tratamento de conjuntivite, distúrbios digestivos, congestão nasal, olhos irritados, cistite, colite, dispepsia, diarreia, gastrite, dores de garganta, hemorragia, hemorroida, infecções fúngicas, menstruação excessiva, úlceras e menstruação excessiva.

Hidraste - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Suas propriedades envolvem sua ação como expectorante, adstringente, estimulante, anti-inflamatório, antimicrobiano, antiandrogênica, antidiarreica, cicatrizante, febrífuga, hipertensora, emenagoga, digestiva, tônica, vasoconstritora, vermífuga e homeostática. Suas propriedades a fazem eficaz ainda no tratamento de gripes, tosses e resfriados e para a limpeza dos pulmões. Pode ser usada ainda para abaixar a febre, limpar os canais urinários, reduzir hemorragias e para aumentar a imunidade do corpo.

Como usar?

Para aproveitar seus benefícios, use as raízes para fazer uma infusão e chás. Para tratamento da conjuntivite, você deverá colocar uma colher de chá das raízes em um recipiente e reservar. Coloque 250 ml de água em outro recipiente e leve ao fogo. Deixe alcançar fervura e, em seguida, coloque por cima das raízes reservadas anteriormente. Tampe e deixe descansar por aproximadamente 15 minutos.

Lave os olhos afetados pela conjuntivite com este chá três vezes ao dia até sumirem os sintomas. Caso os sintomas persistam, procure um médico.

Chá para consumo

Em um recipiente, coloque uma colher de sopa de raiz de hidraste e 250 ml de água em um recipiente e leve ao fogo. Quando alcançar fervura, cronometre 5 minutos e então desligue, tampando e deixando descansar abafado por mais 15 minutos. Quando a mistura amornar, adoce e consuma. A dose indicada é de duas xícaras ao dia, sempre antes do almoço e do jantar.

Efeitos colaterais e contraindicações

O consumo do hidraste é contraindicado para gestantes, uma vez que estimula as contrações uterinas podendo causar aborto, e também para pacientes com problemas cardíacos, pois pode elevar a pressão. Não use em doses superiores às indicadas e sempre consulte um médico antes de consumir medicamentos, mesmo que naturais.

Quando consumido, o chá de hidraste pode trazer alguns feitos colaterais como náuseas, vômitos, diminuição dos glóbulos brancos e uma sensação de ter mãos e pés espetados com alfinetes.

Veja mais!