Publicado por Priscila Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A lima, cientificamente conhecida como Citrus aurantifolia, é uma fruta cítrica muito utilizada na medicina, principalmente por conseguir fazer o que muitos medicamentos especializados não podem. Existem muitas variedades de limas encontradas em todo o mundo, principalmente nas regiões tropicais e nos climas mediterrânicos.

Propriedades

A lima possui em sua composição um alto teor de vitamina C, é fonte de sais minerais como o cálcio e o potássio. Supre as vitaminas B2 e B5, tem ação diurética e auxilia na cicatrização de feridas gástricas.

A vitamina C presente nela atua como desintoxicante, aumenta a absorção do ferro, potencializa a saúde das artérias e combate hemorragias nas gengivas. Devido ao cobre e ao manganês que podem ser encontrados em sua composição, é possível ter alguns benefícios à pele, mantendo-a hidratada e sadia, pois ajuda na produção do colágeno.

A lima ainda limpa o sistema linfático, fazendo com que seja muito indicada para evitar retenção de líquidos e celulite, e na desintoxicação do fígado. Quando a lima é incluída no cardápio, pode combater o stress, evitar a fadiga, fornecer energias, limpar o sangue e regular as funções intestinais, auxiliando assim na perda de peso.

Lima é rica em vitamina C e fonte de sais minerais

Foto: Reprodução

Usos

A partir da casca da lima é possível fazer um chá por infusão, que é indicado contra flatulências (tomar 1 copo após cada refeição). Das folhas maceradas é possível fazer um cataplasma que quando aplicado na testa combate a enxaqueca. Pode ser chupada pela manhã nos casos de depurar o sangue, principalmente se causou dermatoses. Se uma dose forte do suco é misturada com sal temos um purgante excelente, que não possui efeitos secundários e dá alívio na obstipação.

A lima geralmente é consumida em gelados, bebidas, refrescos, picles, doces, geleias, lanches, confeitaria e culinária. O óleo que é extraído da sua casca ou pele pode ser utilizado em concentrados para refrigerantes, óleos corporais, cosméticos, óleos para cabelo, pastas de dente, sabonetes de beleza, desinfetantes, elixir bucal, desodorizantes e vários produtos.

Contraindicações e efeitos colaterais

É preciso ter cuidado com as sementes da lima, bem como as de todas frutas cítricas, incluindo também a maçã. Essas sementes são venenosas e se ingeridas em grande quantidade (ou até em pequena, de acordo com o organismo), pode ser fatal. Por isso, o ideal é evitar mastigar ou engolir essas sementes.

Veja mais!