Publicado por Redação

Se você ouviu dizer que a melancia faz mal fígado, isso é um grande engano. A melancia é uma fruta nutritiva que contém vitaminas C e do complexo B. Além disso, ela é antioxidante, que combate o envelhecimento precoce e pode evitar diversas doenças causadas pelos radicais livres, como o câncer.

A melancia é considerada uma fruta hidratante, pois ela possui muito líquido. E ingerir muita água é ótimo para qualquer órgão do corpo humano. A água, inclusive, ajuda a desintoxicar o fígado.

A indicação dos especialistas é que pelo menos dois litros de água sejam consumidos por dia. E a melancia ajuda o fígado a ficar bem hidratado e colabora na regeneração muscular. O resultado disso é que o órgão filtrará mais substâncias tóxicas presentes no organismo humano.

Melancia faz bem para o fígado

A melancia não faz mal ao fígado, ao contrário, ela ajuda o órgão a funcionar melhor

A melancia ajuda o fígado a ficar bem hidratado (Foto: depositphotos)

Na verdade, não só a melancia é boa para o fígado. As frutas em geral são grandes aliadas. O limão, por exemplo, ajuda na produção de bile. É indicado pelo menos meio copo do suco todos os dias. Uma ótima dica é tomar logo cedo o sumo de um limão espremido em um copo de água.

Veja também: Benefícios e propriedades da melancia

Outras frutas vermelhas, além da melancia, como o morango, framboesa e amora, reduzem o risco de doenças relacionadas ao fígado, como hepatite dos tipos A, B e C e cirrose. As frutas vermelhas também diminuem os níveis de açúcar e gordura no sangue.

Alimentos bons para o fígado

Assim, como a laranja, o limão e azeite, o chá verde faz bem para o funcionamento do fígado

Esse chá auxilia a função hepática por ser rico em catequina (Foto: depositphotos)

Já falamos aqui que a melancia não faz mal ao fígado. Ao contrário, ela é hidratante e ajuda o bom funcionamento do órgão. Porém, outros alimentos também são benéficos. Conheça:

Laranja: rica em vitamina C e antioxidantes, a laranja ajuda a limpar o fígado, assim como o limão. As substâncias presentes no suco de laranja aumentam o número de enzimas hepáticas que eliminam substâncias tóxicas do organismo;

Chá verde: esse chá é muito bom para várias áreas do nosso corpo. Em especial o fígado, que precisa filtrar as toxinas do organismo. O chá verde é rico em catequina que auxilia a função hepática;

Maçã: essa fruta é rica em pectina, que ajuda a libertar toxinas. Isso facilita o trabalho do fígado na hora de fazer o trato digestivo;

Azeite de oliva: a gordura boa presente no azeite de oliva é boa para sugar a s toxinas que fazem mal ao organismo. Obviamente, como qualquer lipídio, deve ser consumido com moderação;

Veja também: Remédios caseiros para gordura no fígado

Brócolis e couve-flor: são ricos em glucosinolatos, que facilita a produção de enzimas no fígado. São extremamente nutritivos e ajudam no bem-estar de quem os consome;

Nozes: as nozes possuem glutationa e ômega-3 que limpam o fígado. As nozes também são ricas em arginina que colocam para fora do organismo o amoníaco.

Alimentos que fazem mal ao fígado

O açúcar não é só um inimigo para a glicose, mas também faz mal para o fígado

O açúcar excessivo dos refrigerantes o torna em um alimento nocivo para a saúde (Foto: depositphotos)

Bebidas alcoólicas: o álcool prejudica demais o fígado. As principais doenças que nascem nesse órgão, como a cirrose, gordura e câncer são provocadas pelo álcool. O que acontece é que o fígado não consegue metabolizar grandes quantidades da bebida e acaba tendo o seu funcionamento prejudicado;

Açúcar: O açúcar não é só um inimigo para a glicose, mas sim para as pessoas que querem manter o seu fígado saudável. O consumo excessivo desse alimento provoca aumento de peso, diabetes e problemas de coração. Se você não abre mão de adoçar suas refeições, prefira o açúcar natural presente nas frutas ou os de cores mais escuras. Fuja do industrializado para não sobrecarregar o fígado;

Veja também: Óleo de coco para tratar gordura no fígado

Frituras: qualquer tipo de alimento frito em óleo não faz bem à saúde. Por isso, se você quer manter seu fígado bem não consuma alimentos fritos nas ruas, lanchonetes ou restaurantes. Saiba que quando o óleo é reaquecido muitas vezes, ele libera substâncias tóxicas que pode causar doenças no fígado;

Excesso de proteínas: você sabia que o excesso de proteína pode prejudicar o fígado? Isso mesmo! O acúmulo de proteína prejudica as células do fígado e o deixam mais lento. E se você pensa que consumir muitas proteínas aumentam os seus músculos mais rapidamente, isso é um engano. O aumento de músculos acontece somente com muito treino e uma alimentação equilibrada;

Refeições congeladas: sabe aquela refeição prática que você ama colocar no micro-ondas e fica pronta em poucos minutos? Isso é um perigo para a saúde do seu fígado. Isso acontece, pois, o abuso de conservantes químicos pode sobrecarregar o órgão. Portanto, quantos menos lasanha, batata frita e outros pratos congelados você consumir, melhor;

Refrigerantes: gás e açúcar excessivos presentes nos refrigerantes não são indicados para quem quer manter o seu fígado longe de problemas de saúde. Além disso, esse tipo de bebida não é indicada para crianças que estão em fase de crescimento ou pessoas que tenham ossos fragilizados.

Veja também: Limão faz mal ao fígado? Descubra

Agora que você já sabe quais são os alimentos que são bons e os que prejudicam o seu fígado, faça opções mais saudáveis para viver mais e melhor.

Veja mais!