Publicado por Michelle Nogueira
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A sálvia é uma erva medicinal bem antiga, que costumava ser cultivada nos jardins medievais e que acreditava-se que ela garantiria a prosperidade. Seu poder de cura é tão conhecido que seu próprio nome dá a dica. Derivado do latim “salvere”, seu significado expressa “estar com a saúde boa”. Em português pode ser chamada de sálvia, salva, sálvia-dos-jardins, sálvia-vermelha, sálvia-ordinária, sálvia-das-boticas, sálvia-menor e salveta. É um antioxidante, anti-inflamatório e antimicrobiano natural.

Por suas mais diversas características, é aconselhada para tratar dos sintomas da menopausa. Sua atuação contra a fadiga, ansiedade, ondas de calor e os suores noturnos é comprovada. As propriedades calmantes diminuem e aliviam os possíveis sintomas de depressão e estresse. Esses dois problemas são comuns para mulheres que entram nessa fase, pois a alteração hormonal nos níveis de estrógeno e progesterona deixa a saúde física e psíquica delicada. O humor sobe e desce, e essas mudanças tão repentinas causam muito dano. É aí que a sálvia aparece como uma ótima saída para quase todos os problemas da menopausa.

Principais benefícios da sálvia

Além do efeito calmante, a sálvia também funciona com um lubrificante dos tecidos internos, como a vagina. É importante porque durante a menopausa, o tecido vaginal fica mais seco. Pode também trazer algum fluxo menstrual que esteja suprimido, limpando, assim, o organismo. Trabalha de forma a auxiliar contra a deficiência do estrógeno. É extremamente útil contra as ondas de calor, e reduz a profusão de suor. Ajuda também no combate de doenças de origem inflamatórias e doenças respiratórias.

Menopausa? Alivie os sintomas com chá de sálvia

Foto: Reprodução/ internet

Chá

O chá da sálvia também funciona como diurético, auxiliando no processo digestivo. Essas propriedades ajudam no emagrecimento. Para o preparo, junte uma ou duas colheres da erva seca com uma xícara de água fervente. Cubra e espere de cinco a 10 minutos, depois coe e beba. A sálvia seca pode ser encontrada em grandes mercados, no setor de especiarias ou você pode plantar em casa. Tome até três vezes ao dia.

Infusão e suplementos

A sálvia também pode ser tomada em forma de infusão ou suplemento. A primeira deve ser tomada de três a 15 gotas colocadas em sua bebida favorita. Não exceda esse uso a três vezes por dia, para não haver uma superdosagem. Já os suplementos podem ser tomados em doses de duas a três cápsulas de 600 mg, com água, duas vezes por dia, antes ou após as refeições. Podem ser comprados em sites confiáveis de ervas online ou em alguma loja local de alimentos fitoterápicos.

Veja mais!