Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Fortes dores de cabeça, principalmente na região da testa, congestão nasal, tosse, dor de garganta e até mesmo febre.

Estes são alguns dos sintomas mais comuns da sinusite, problema que afeta o sistema respiratório e pode ser desencadeado pela infiltração de vírus, fungos ou bactérias nas narinas.

Estes agentes infecciosos podem ser encontrados em poeira ou poluentes. Além disso, os pacientes que apresentam este problema podem ter desencadeado de gripes, desvio de septo e pólipos nasais.

Para tratar, existem produtos vendidos em farmácia, mas também há a opção dos que podem ser produzidos em casa.

Métodos naturais para acabar com os desconfortos da sinusite

Foto: depositphotos

Dando ‘adeus’ a sinusite com métodos caseiros

Suco de hortelã e espinafre

  • 15 g de hortelã;
  • 15 g de espinafre;
  • 1 copo de água de coco;
  • 1 colher (de chá) de mel.

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e deixe bater até todos os itens ficarem devidamente triturados, dando uma aspecto pastoso ao suco.

Depois de pronto, basta beber o suco sem a necessidade de coar. Repita o procedimento até três vezes ao dia, preferencialmente entre as refeições.

Desta maneira, o organismo vai se recuperar da inflamação e da congestão nasal, tendo em vista que a bebida age para facilitar a saída das secreções.

Gengibre

  • 1 pedaço de gengibre em fatias;
  • Sumo de um limão;
  • 1 colher (de chá) de mel;
  • 1 copo de água.

O gengibre já é um velho conhecido nos tratamentos contra gripes e congestionamento nasal, muito utilizado inclusive em receitas da vovó. Mas, esta raiz pode ficar ainda mais potente no combate da sinusite se misturada ao limão e ao mel.

Então, para fazer isso é necessário ferver as fatias de gengibre em água, por no máximo 10 minutos. Em seguida, você deve coar e adicionar os demais ingredientes. Mexa a bebida e assim que ela estiver o mais homogênea possível, beba ainda morno. O tratamento ideal é feito através da repetição do preparo e consumo por duas vezes ao dia.

Eucalipto

  • 5 gotas de óleo essencial de eucalipto (pode ser substituído por folhas da planta);
  • 1 colher (de chá) de sal;
  • 1 litro de água.

Se você for utilizar o óleo essencial, é necessário ferver a água primeiro e depois acrescentar as gotas do produto e o sal. Já se as folhas forem utilizadas, é preferível ferve-las junto da água e finalizar com a adição do sal. Depois de pronto, você deve inalar o vapor durante 10 minutos.

Este procedimento deve ser repetido por três vezes durante o dia. O tratamento deve ser seguido até o tempo necessário para a cura, mas em poucas inalações os resultados já começam a surpreender, tendo em vista que o eucalipto tem propriedades expectorante e antisséptica.

Veja mais!