Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

É difícil encontrar pessoas que não tenham problemas com os famosos ‘pneus’ ou ainda problemas de saúde como o colesterol. São transtornos realmente chatos, que acabam deixando a autoestima bem baixa, limitando passeios como praias, por exemplo.

Apesar da gordurinha abdominal incomodar bastante, o colesterol é um problema mais urgente a ser tratado, já que pode aumentar o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Uma dieta desequilibrada é fator de risco para o colesterol, mas existem tendências genéticas ou hereditárias que também podem ser fatores de risco, ou ainda a obesidade e a falta de atividade física.

Mas, você não precisa escolher entre tratar um ou outro. Existem tratamentos naturais, como essa receita que vamos passar agora, que ajudam a tratar problemas de saúde sem usar medicamentos industrializados, como os ‘pneus’ e o colesterol.

Mistura caseira pode eliminar ‘pneus’ e reduzir colesterol

Foto: Reprodução/ internet

Receita

Para preparar, você vai precisar de:

– 12 dentes de alho médios
– 1 garrafa de vidro
– Meio litro de vinho de boa qualidade

Descasque o alho e corte em pequenos pedaços. Coloque esses pedaços dentro da garrafa e em seguida adicione o vinho. Tampe com uma rolha ou algo que tampe bem, e, em seguida, coloque perto de uma janela ou no quintal, ou ainda em uma varanda, onde possa pegar luz natural. Deixe descansar por 15 dias, período necessário para que a mistura fermente. Depois desse período, coe e jogue o alho.

Consuma uma colher das de sopa do vinho, três vezes ao dia, sempre antes do café da manhã, almoço e jantar. Faça isso até terminar a garrafa, mas se quiser continuar, sempre antes de recomeçar, faça um intervalo de 15 dias.

Benefícios

Essa receita, quando consumida corretamente, ajuda a prevenir problemas cardíacos, artérias obstruídas, doenças causadas pelo mau funcionamento do sistema circulatório, transtornos com colesterol e gordura localizada.

Antes de fazer uso de medicamentos, mesmo que naturais como este, procure orientação médica.

Veja mais!