Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Está com os dentes frágeis, pele ressecada, unhas quebradiças e com o cabelo caindo? Então o seu corpo está com deficiência em cálcio. E se você estiver com cãibras, contrações musculares contínuas e formigamentos?

Esses também são indícios da falta de cálcio no organismo. Para completar, se há a diminuição da memória, aumento da insônia, agitação e irritabilidade, adivinhe qual nutriente o seu corpo está precisando? Isso mesmo, cálcio.

Diante dessas situações, fica claro que a função do cálcio não é apenas ajudar na formação e desenvolvimento de ossos e dentes.

Pelo contrário, esse nutriente, apesar de se encontrar, em sua grande maioria, na estrutura óssea do corpo, é responsável por outras funções vitais no organismo humano.

Veja agora seus benefícios e onde essa substância pode ser facilmente encontrada.

onde-podemos-encontrar-calcio-e-quais-seus-beneficios

Foto: depositphotos

O cálcio no organismo

Esse nutriente está presente em 99% em ossos e dentes e 1% na corrente sanguínea, onde desempenha diversas funções.

Ele deve ser consumido diariamente, pois é dele a responsabilidade de formação da estrutura óssea do corpo e também por não permitir que ela se quebre ao decorrer dos anos, deixando os ossos firmes e longe de fraturas.

No sangue, o cálcio tem como o papel de inibir o surgimento de células maléficas à saúde, por exemplo os adipócitos. Esses, por sua vez, quando aparecem na corrente sanguínea facilitam a formação e o armazenamento de gordura no corpo.

As funções do cálcio no corpo

Além de garantir a formação e a proteção dos ossos e dentes, o cálcio é responsável pelo fortalecimento das unhas, da pele e dos cabelos. Bem como, auxiliar a contração muscular saudável, promover a coagulação do sangue e facilitar as transmissões nervosas.

Recentemente, foi constatado outro benefício desse mineral, o de ativação das enzimas responsáveis pela digestão.

Desta forma, o cálcio é capaz de simplificar os processos digestivos, principalmente no que se refere a metabolização das gorduras e das proteínas.

O consumo correto dessa substância auxilia na perda de peso. Inclusive, a obesidade está diretamente ligada a falta de cálcio no corpo.

Sem o cálcio o organismo fica vulnerável a ação de agentes causadores do sobrepeso e das doenças como a osteoporose, osteomalácia e raquitismo.

Além disso, a carência dessa substância pode agravar casos de hipertensão e provocar problemas como depressão e insuficiência renal.

Quais alimentos possuem esse nutriente?

Alguns alimentos são ricos em cálcio, portanto ele pode ser encontrado nos seguintes alimentos:

  • Leite;
  • Tofu;
  • Gergelim;
  • Queijo;
  • Salmão;
  • Proteína de soja;
  • Linhaça;
  • Sardinha;
  • Iogurtes;
  • Amêndoas;
  • Verduras de folhagem verde-escura.

A quantidade de cálcio que deve ser consumida depende de alguns fatores. Adultos com idade entre 19 a 50 anos devem ingerir de 1.000 mg de cálcio por dia. Quando se é mais velho, o consumo deve aumentar.

Uma vez que o corpo já não consegue absolver os nutrientes como antes, por essa razão a dose diária deve ser de 1.200 mg.

Grávidas ou em período de lactação também devem aumentar a ingestão de cálcio, pois são períodos em que a perda desse nutriente é mais intensa.

E uma dica para quem deseja absorver melhor o cálcio, é aliar os alimentos rico nessa substância com a vitamina D.

Veja mais!