Publicado por Lia Vieira
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O aromático e saboroso orégano, possui o nome científico de oreganum vulgare. É muito utilizado como tempero em nossa alimentação diária, através de vários alimentos como, por exemplo, legumes, molhos, pizzas, carnes, feijões, ovos, ensopados e molhos de salada. A planta pode ser utilizada em formato de tempero, chá e até mesmo em óleo.

O orégano é rico em poderosas propriedades medicinais, que muitas vezes não são levadas em consideração quando o utilizamos na culinária, por isso, vamos conhecer um pouco mais sobre os benefícios orégano, confira!

Origem do orégano

Origanum (nome do gênero), vem da fórmula grega oros e ganos, que significa “alegria da montanha”, fazendo referência a beleza da planta que se desenvolvia nas encostas das montanhas. Os romanos tinham o costume de utilizar o orégano também como grinaldas para coroar jovens casais. Em Portugal, o tempero é chamado de orégão, e no Brasil é chamado de orégano.

Orégano: saboroso e benéfico para a saúde

Foto: Pixabay

Orégano: sua eficácia é cientificamente comprovada

Um estudo realizado pela Universidade de Long Island, nos Estados Unidos, indicou que a substancia presente no orégano, chamada de carvacrol, induz à morte das células cado câncer. Outro estudo realizado pela Universidade Bonn na Alemanha, descobriu que o orégano possui efeitos anti-inflamatório.

Propriedades do orégano medicinal

  • Ajuda a combater dores de cabeça (causadas por estresse);
  • Em forma de unguento, cataplasma ou compressa ajuda no tratamento de contusões, deslocamentos, inchaços e dores nas juntas;
  • Como erva de banho ameniza os sintomas de gripes e resfriados;
  • Inalações ajudam a limpar os pulmões congestionados;
  • O óleo diluído é útil para aliviar dor de dente.

Óleo de orégano

Seu óleo possui inúmeros benefícios medicinais, sendo composto de carvacrol, timol, terpenos, ácido rosmarínico, flavonoides, magnésio, cálcio, zinco, ferro, potássio, cobre, boro, manganês, vitaminas A, C, E e niacina.

Além disso, o óleo do orégano é rico em antioxidante e propriedades antimicrobianas contra a bactéria Listeria monocytogenes e outros patógenos presentes nos alimentos.

Receita: chá de orégano

Como visto, o chá de orégano possui benefícios para a diminuição dos sintomas da TPM (tensão pré-menstrual) e a diminuição de retenção de líquidos no corpo, entre outros. Confira abaixo como preparar o seu chá de orégano:

  • Uma colher de sopa de folhas de orégano, secas ou não;
  • Uma xícara de água.

Coloque em uma panela a água e o orégano, logo que iniciar a fervura, desligue o fogo. Coloque a água na xícara contendo o orégano e beba assim que o chá estiver em temperatura morna. Não adicione açúcar ou adoçante.

O chá pode ser consumido até três vezes por dia, preferencialmente de manhã, no meio da tarde e antes de dormir.

Receita: azeite de orégano

Em um vidro de azeite extra virgem de 200 ml e acrescente cinco colheres de chá de folhas de orégano, que podem ser secas ou não.

Deixe o vidro de azeite descansar por dois dias, após o procedimento adicione uma colher de chá cheia em suas refeições diárias.

Receita: chá de orégano para asma

  • 30 gramas de orégano;
  • Um litro de água;
  • Mel a gosto.

Ferva o orégano com a água por cerca de 10 minutos. Depois de morno, coe e adoce com mel. Beba o chá de duas a três vezes por dia.

Veja mais!