Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

A halitose, popularmente conhecida como mau hálito, atinge cerca de 30% dos brasileiros. Não é considerada uma doença uma vez que pode ser um indicativo de algum outro problema no organismo, como a gastrite ou a falta de higiene bucal. Em alguns casos, o diabetes e a prisão de ventre também podem gerar este problema. O mau hálito matinal, no entanto, tende a ser normal e a ir embora quando se toma o café da manhã ou escovam-se os dentes.

Os alimentos que favorecem e os que evitam o mau hálito

Foto: Reprodução

Problemas alimentares

Quando não existem patologias e você realiza a higiene da boca corretamente, a causa do mau hálito pode estar em sua alimentação. Alimentos como alho e cebola deixam o hálito forte e desagradável, no entanto existem outros que, se consumidos em excesso em nossa rotina alimentar, podem prejudicar o dia a dia devido ao surgimento da halitose. São eles:

Bebidas alcoólicas, café, queijos amarelos, chocolate, ovo, condimentos, alimentos gordurosos, couve de Bruxelas, alcachofras, azeitonas, pimenta, cominho, cravo da índia, sardinha, maionese, mamão, goiaba e qualquer alimento com muito açúcar.

Use a alimentação em seu favor

Você pode fazer mais do que evitar os alimentos citados acima. Para evitar o mau hálito, você pode fazer algumas mudanças no cardápio, como adicionar o iogurte natural, que naturalmente combate o nível de gás sulfídrico em nosso organismo, um dos principais responsáveis pelo odor desagradável na boca. Além disso, procure substituir os alimentos do dia a dia por sua versão diet, uma vez que o açúcar é um dos fatores geradores do mau hálito. Busque consumir cerca de dois litros de água por dia, pois isso auxilia na eliminação de resíduos da boca e do organismo. Outros alimentos que ajudam neste combate são a maçã, cenoura, pepino, gengibre, chá de boldo, hortelã e suco de limão.

A maçã, a cenoura e o pepino, quando consumidos sem a remoção das cascas, auxiliam na limpeza dos dentes, complementando a ação do fio dental e impedindo o acúmulo das bactérias. O consumo dá resultados imediatos, o que pode ser percebido logo após a ingestão quando sentir os dentes ásperos. Após o consumo, poderá senti-los mais lisos. O chá de boldo ajuda a combater a má digestão, mal responsável também pela halitose. Cada um dos alimentos age de uma maneira em nosso organismo, combatendo problemas que podem causar a halitose. Efetuando a higiene ou combatendo doenças estomacais, além de serem bons por conter vitaminas diversas, estes alimentos são de muita valia para todos nós.

Veja mais!