Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Infrutescência da romãzeira, o romã, de acordo com estudos e pesquisas, tem sua origem em regiões como Chipre, Síria e Grécia. O mesmo possui milhares de anos e, em decorrência disso, ainda não foi possível estabelecer, de fato, quando ocorreu o seu descobrimento. Na Bíblia, o mesmo representa, de forma simbólica, o amor e a fecundidade.

A casca desse fruto, do tronco da planta, além da casca da sua raiz são as partes as partes mais utilizadas em caso de aplicação medicinal. Além disso, a romãzeira é capaz de fornecer um óleo natural considerado super poderoso para finalidades medicinais.

Propriedades medicinais das sementes de romã

Antioxidante
Regenerativa
Hidratante
Antiaterogênico
Antidiabético
Anticancerígeno

Benefícios do óleo da semente de romã

Fonte de ácido púnico, o óleo da semente de romã é considerado um ácido dotado de efeitos antiaterogênicos, o qual previne a formação de placas nas artérias.

Os benefícios e usos do óleo de sementes de romã

Foto: S W Yang/ Free Images

O mesmo é classificado como um importante antioxidante responsável por ter atuação dermatológica e também para tratamento dos cabelos, a exemplo de manter textura e aspecto saudável dos fios.

É importante ressaltar ainda a ação benéfica do óleo da semente de romã para prevenir o surgimento do câncer em qualquer órgão do corpo humano.

Cápsulas da romã e seus efeitos benéficos

Também encontrado e consumido como cápsulas, o romã possui nesta forma altos níveis de vitamina A, B, C e E. Seus princípios ativos principais correspondem aos polifenóis e flavonoides, além de ser um fruto altamente antioxidante.

Entre os principais benefícios proporcionados pela romã em forma de cápsulas, pode-se destacar a sua função antimicrobiana, além da prevenção contra: problemas cardiovasculares, diabetes do tipo 2 e envelhecimento precoce.

As cápsulas da romã também são capazes de rejuvenescer a pele, atuar na redução da proliferação de células cancerígenas, de minimizar os sintomas da menopausa, baixar a concentração do tecido adiposo no organismo, retardar a ação dos radicais livres, reduzir os níveis de colesterol e ainda atuar como um potente hidratante dermatológico, favorecendo, inclusive, o não aparecimento de rugas e manchas na pele.

A recomendação de consumo dessas cápsulas é uma de duas a três vezes ao dia.

Veja mais!