Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Pelinhos na casca, sabor levemente azedo e com a polpa verde. Se você pensou em kiwi, acertou. A fruta, que até pouco tempo atrás não fazia parte do dia a dia dos brasileiros, agora está ganhando um espaço significativo no país. Porém, o que pouca gente sabe são os benefícios e as propriedades proporcionadas por esse alimento, que além de ser saboroso é pouco calórico.

Apesar de pouco conhecido no Brasil, existe também o kiwi dourado. Há algumas diferenças nutricionais entre as duas variedades, mas tanto o verde como o dourado fazem bem à digestão, para o coração, favorecem a saúde da pele e combatem agentes inflamatórios e outras doenças que afetam o organismo humano.

Propriedades e benefícios do kiwi

A fruta nativa da China, mas que atualmente é cultivada por todos os lugares do mundo, possui substâncias essenciais para a manutenção da saúde das pessoas. Se você é daqueles, que quando passa no supermercado fica na dúvida se leva ou não, então você precisa saber a série de motivos para encher o carrinho de kiwi.

Dentre outros fatores, a fruta é rica em vitaminas como a A, E e B2. Porém, o destaque é maior no caso da vitamina C. Se você acredita que a laranja é ótima para proteger seu sistema imunológico, o que achar do kiwi que possui quase duas vezes mais vitamina C que a laranja? Além de prevenir o corpo de resfriados e gripes, o consumo desse alimento ajuda na saúde da pele e no combate às inflamações.

Os inúmeros benefícios do kiwi

Foto: Pixabay

Já por possuir ferro e cobre em sua composição, o kiwi é um forte combatente da anemia e dos problemas causados por ela. No caso do verde, que possui clorofila, funciona também como um detox natural que elimina as toxinas e o excesso de líquido corporal. E para quem acha que só a polpa é saudável, está enganado. Das sementes são extraídos um óleo rico em alfa-linoleico, capaz de promover a ação de ômega-3 no organismo.

Além disso, o kiwi concentra um alto índice de fibras. Essa propriedade trabalha no bom funcionamento do intestino, reduz as chances de câncer no reto, melhor problemas cardiovasculares, diminui os níveis de colesterol e de ataques cardíacos. Essa propriedade associada às poucas calorias presentes na fruta (45 Kcal em cada) acaba se tornando um aliado na perda de peso.

O kiwi também tem fito-nutrientes capazes de prevenir a coagulação do sangue e assim melhorar a saúde cardiovascular do corpo. Isso sem contar na presença dos flavonoides, que protegem as células dos danos oxidativos, baixa a concentração de triglicérides no sangue e diminui o depósito deles nas artérias.

Diferenças entre o tipo verde e o dourado

Apesar de não ser tão conhecido no Brasil, o kiwi dourado também é bastante nutritivo e saudável para o organismo humano. As diferenças entre eles não param na cor, mas sim em alguns benefícios que um possui mais que o outro. Por exemplo, no caso do verde, ele contém mais fibras que o dourado, enquanto que esse último tem mais vitamina C e potássio que o mais popular.

Como consumir?

Assim como tudo na vida, o consumo de kiwi deve ser moderado. Uma fruta por dia já é suficiente para contemplar todos os benefícios e propriedades presentes nela. Pode ser consumida crua e sozinha ou combinada com outras frutas e alimentos nas formas de vitaminas e em saladas.

Veja mais!