Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Com crescimento predominante em regiões como o norte da África e sul da Europa, o endro é uma planta cuja nomenclatura científica corresponde a anethum graveolens. A mesma pode ser facilmente encontrada para venda em países europeus e também na Alemanha, Índia, Paquistão, Romênia, Estados Unidos e Japão. Este vegetal é conhecido por ser bastante resistente, inclusive se adaptando aos mais variados tipos de clima.

Dotada de sabor semelhante ao do anis com um pequeno acréscimo de limão, esta planta é bastante difundida na culinária devido sua capacidade de condimentar pratos e iguarias diversas. Todavia, o endro é, de fato, muito conhecido devido suas inúmeras propriedades e benefícios medicinais.

O endro e seus benefícios e propriedades

Planta endro: benefícios e propriedades para a saúde

Foto: Pixabay

Rico em efeitos benéficos, a exemplo de fonte de fibras e minerais como ferro, magnésio e manganês, a planta tem sua capacidade medicinal, sobretudo, devido a presença em sua composição de substâncias como os flavonoides (kaempferol e vicenina) e monoterpenos (anathofuran, limoneno e carvona). Vegetal com ação calmante e digestiva, o endro é eficaz contra:

  • Gases intestinais e flatulências, favorecendo assim uma digestão saudável;
  • A tão famosa e prejudicial retenção de líquidos devido sua ação diurética;
  • Hemorroidas e dores em geral, isso em decorrência da propriedade anti-hemorroidal;
  • Infecções, resfriados e constipações devido a presença da vitamina C;
  • O crescimento de bactérias, uma vez que o óleo volátil do endro é potente para tal;
  • Artrite reumatoide e na prevenção da perda óssea;
  • Cólica intestinal em bebês recém-nascidos, espasmos, transtornos do fígado, insônia, enjoos, hiperacidez do estômago e dispepsia.

Receita do chá de endro

O preparo da infusão dessa planta para tratar problemas de saúde deve ocorrer por meio da utilização das suas folhas (desidratadas ou frescas) e também das suas sementes.

Modo de preparo:

Acrescente em um litro de água duas colheres (de sopa) das folhas ou sementes da planta. Em seguida, deixe cozinhar por cerca de 10 minutos a partir do tempo inicial de ebulição. Depois, retire do fogão e deixe a mistura descansando por outros 10 minutos. Ao final, coe o chá e tome de duas a três xícaras por dia.

Veja mais!