Publicado por André Luiz Melo
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Originária de terras brasileiras e com nomenclatura científica scoparia dulcis, a planta vassourinha é facilmente encontrada em áreas e florestas de campos abertos. A mesma possui cultivo e manejo fácil.

A depender da região, esse vegetal pode ser ainda conhecido como “ganha aqui, ganha acolá”, coerana branca, tapeiçaba, vassourinha miúda, vassourinha de botão, vassourinha cheirosa, corrente roxa e tupiçaba.

Este vegetal constitui uma planta herbácea e integrante da família das scrophulariaceae. A mesma é bastante ramificada e dotada de caule lenhoso, o qual pode atingir até 50 centímetros de altura. Esta planta possui como característica sua fácil identificação devido suas flores brancas, pequenas e solitárias. Seu fruto é sustentado através de um cálice com “dentes”, no formato de uma cápsula globosa.

Possuindo sabor amargo, esse vegetal foi descoberto pelos povos caboclos. Os mesmos a utilizavam como forma de tratamento de problemas respiratórios. A mesma, gerações após gerações, possui esta e outras inúmeras eficácias para o organismo humano.

Planta vassourinha doce: benefícios para a saúde humana

Foto: Reprodução/ internet

Benefícios e propriedades medicinais da vassourinha doce

  • Adstringente;
  • Antiespasmódica;
  • Antisséptica;
  • Anticonceptiva;
  • Antidiabética;
  • Antiasmática;
  • Depurativa;
  • Diurética;
  • Digestiva;
  • Emética;
  • Expectorante;
  • Tônica;
  • Vermífuga.

Geralmente indicada para tratar problemas e sintomas decorrentes de alergias respiratórias, a mesma também é recomendada para atuar contra coceiras e problemas de pele em geral. Hemorroidas, cólicas, má digestão e demais transtornos gastrointestinais são ainda outros dos sintomas que podem ser minimizados com o uso desta planta.

A ingestão regular desse vegetal tem forte atuação, inclusive, para combater problemas como bronquite, asma, catarro e tosse. Infecções urinárias, corrimentos vaginais, vaginite, diabetes, inchaço nas pernas e varizes também são transtornos possíveis de tratamento a partir da utilização da vassourinha.

Modo de usar este vegetal

Coloque meio litro de água no fogo e acrescente 10 gramas da planta, deixando ferver por até 10 minutos. Feito isso, deixe descansar e, quando o líquido estiver morno, adoce e consuma a infusão de três a quatro vezes por dia. Dê preferência ao consumo dessa receita sempre antes das principais refeições.

Veja mais!