Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Sim, porém de forma muito criteriosa. Muitas pessoas acham que por conter peixe cru, o sushi não é um alimento saudável, muito menos quando se trata do consumo de mulheres grávidas. Entretanto, dependendo de onde o produto foi comprado, das condições higiênicas do estabelecimento e da procedência deste peixe, o consumo de sushi é permitido sim na gravidez.

No Japão, por exemplo, as gestantes continuam consumindo o peixe cru e isso não afeta a saúde de seus bebês. De acordo com a autora e educadora nutricional norte-americana, Kristen Michaelis, as japonesas cultivam seus hábitos alimentares regularmente, entre eles a ingestão de sushi. Inclusive em seu último livro, a escritora aponta vários mitos e verdades sobre a alimentação na gravidez. Outra obra que aborda esta mesma questão é o “O último guia para mães sobre gravidez e nascimento”, produção também norte-americana, que apensa recrimina o consumo de salmão, atum e cação, levando em consideração que são espécies mais suscetíveis a apresentarem níveis altos de contaminação de mercúrio.

Quais os riscos que o consumo de sushi traz para as gestantes?

Lembre-se, primeiramente, que não são todos os sushis que podem fazer mal à gravida. Todavia, os que podem afetar à saúde da mulher e do bebê podem causar infecções por parasitas, bactérias ou por contaminação química. A listeria, por exemplo, é uma bactéria que pode está presente em peixes crus e no corpo pode criar uma condição chamada de listeriose, provocando doenças aos recém-nascidos.

Imagem de sushi em frente de rosto de mulher

Foto: Depositphotos

Infecções por parasitas também podem ser proporcionados pelo consumo de peixes crus que não recebem um tratamento adequado. Neste caso, podem surgir dores fortes no intestino de quem consumiu produtos infectados. Já com relação a contaminação química, esta procede de metais pesados que podem está presente no sushi, a exemplo do mercúrio.

Grávida: formas de consumir peixe cru sem preocupação

Como já foi dito, para consumir o sushi durante a gravidez é preciso saber a procedência do peixe cru e assim evitar problemas de saúde. Para isso, busque sempre comprar o produto em restaurantes conhecidos pela limpeza e que não se importem de informar a seus clientes de onde vem os seus ingredientes. Além do mais, é aconselhável consumir peixe cru acompanhando de gengibre ou wasabi, isso porque estas raízes são conhecidas pelo efeito neutralizante de bactérias.

Outra dica importante é ser cautelosa no consumo. Preferir sempre comer o sushi cozido, ao invés de cru. E ter equilíbrio na ingestão.

Veja mais!