Publicado por Beatriz Helena Cano
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

Problema que atinge grande parte da população ao menos uma vez ao ano, a azia é causada quando o suco gástrico, substância ácida responsável pela digestão, sobe para o esôfago.

Remédios caseiros para azia

Foto: Reprodução

O único órgão capaz de suportar a ação do ácido é o estômago, mas, os alimentos passam pelo esôfago antes de chegar lá. Uma válvula separa os dois órgãos, porém, uma série de hábitos ou problemas podem atrapalhar seu funcionamento fazendo com que o suco gástrico suba para o esôfago. O resultado desta falha é a azia, que acontece porque, como a parede do esôfago não é preparada para aguentar substâncias ácidas, passa a queimar.

Entre as causas da azia é possível citar os maus hábitos, como: alimentação gordurosa, condimentada ou picante, tabagismo e alcoolismo, mas também alterações fisiológicas, como a gestação, que comprime o estômago e, portanto, deixa menos espaço para o suco gástrico ou a gastrite e o refluxo ou doenças que alteram o ph do suco gástrico ou o funcionamento da válvula que separa esôfago e estômago.

As azias provenientes de problemas de saúde devem ser tratadas com um especialista, porém, a queimação proveniente da má alimentação pode ser tratada com a alteração de alguns hábitos e com remédios naturais.

Receitas para azia

Xarope de uva

Conhecida por suas propriedades digestivas, a uva pode servir como ingrediente para um xarope para azia.

Ingredientes:

  • ½ kg de uva;
  • ½ kg de açúcar mascavo;
  • 4 cravos da índia;
  • 1 pau de canela;
  • 1 L de água.

Como preparar:

Ferva a água e as uvas por 30 minutos. Desligue o fogo, espere a fruta esfriar e, com auxílio de um pano de prato limpo, esprema a fruta. Coe o suco.

Em uma panela, misture o suco com o açúcar, cravo da índia e canela. Cozinhe até virar um xarope consistente e homogêneo.

Tome uma colher de sopa antes das principais refeições.

Contraindicação:

Diabéticos e gestantes devem evitar a mistura.

Chá de espinheira santa

Assim como a uva, o chá de espinheira santa ajuda na digestão. Porém, deve ser ingerido após as refeições.

Ingredientes:

  • 2 colheres de chá de folhas secas de espinheira santa;
  • 200 ml de água.

Como preparar:

Ferva a água, acrescente a erva e abafe por dez minutos. Coe e ingira após as refeições.

Contraindicação:

Crianças, idosos, gestantes e lactantes devem evitar o chá para azia de espinheira santa.

Ingestão de amido

A principal função do suco gástrico é digerir o amido presente nos alimentos ricos em carboidrato. Portanto, para equilibrar o ph do esôfago e por fim à queimação, basta ingerir alimentos como pães ou bolachas de água e sal. Assim, o ácido presente no esôfago é usado na digestão destes alimentos e para de irritar as paredes do órgão.

Veja mais!