Publicado por Natália Petrin
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O sarampo é extremamente contagioso. A doença, de origem infecciosa, se manifesta por meio de alterações visíveis na pele – manchas avermelhadas –, e pode afetar diversos órgãos do corpo. Transmitido por meio de gotículas expelidas na respiração, e até mesmo pelo ar contaminado, o sarampo provoca alguns sintomas como febre elevada, tosse, conjuntivite, coriza e pele avermelhada. Além disso, o contágio pode ser verificado ainda por meio da presença de pontos brancos ou amarelados na parte interior da bochecha. Com duração de aproximadamente duas semanas, a doença pode ter o tratamento acelerado com alguns medicamentos caseiros. É importante, no entanto, se prevenir contra o sarampo por meio da vacinação, por isso verifique se você já teve sarampo quando criança ou se já foi vacinado, e procure vacinar seus filhos.

Remédios caseiros para sarampo

Foto: Reprodução

Como tratar?

O tratamento é feito com medicamentos passados pelo médico, mas existem ainda algumas medidas que podem ser tomadas em casa que auxiliam na melhora, como consumir bastante líquido, comer alimentos leves, repousar, limpar os olhos com água morna ou soro fisiológico e combater os sintomas com medicamentos naturais. Sempre antes de começar um tratamento com medicamentos naturais, consulte o seu médico e verifique a interação medicamentosa.

Remédios caseiros

Pau tenente

A planta medicinal apresenta propriedades que combatem a febre e estimulam o apetite, sintomas da doença. Por isso, o tratamento é eficaz no alivio dos sintomas, que ajuda a melhorar a qualidade de vida durante o período da doença, ajudando a curar de forma mais rápida.

Para preparar esse medicamento, use uma colher de sopa de folhas de pau tenente para cada 500 ml de água. Coloque os dois ingredientes em um recipiente e leve ao fogo. Ao alcançar fervura, desligue e tampe por aproximadamente 10 minutos, coando e consumindo em seguida. Consuma duas ou três xícaras ao dia.

Bardana

A bardana alivia a coceira, provocada pela doença, além de ter ação anti-inflamatória. Para preparar, use a proporção de duas colheres de sopa de raiz de bardana para cada dois copos de água. Coloque os dois ingredientes em um recipiente e leve ao fogo. Ao alcançar fervura, desligue, tampe e aguarde esfriar. Em seguida, coe e consuma até três xícaras de bardana por dia no período em que apresentar sintomas.

Sabugueiro

O chá de sabugueiro é um estimulante da transpiração e, por isso, ajuda a eliminar a erupção. Para seu preparo, use três colheres de sopa para cada litro de água. Em um recipiente, ferva a água e jogue por cima das flores, deixando descansar por alguns minutos. Coe e consuma quatro xícaras ao dia.

Veja mais!