Publicado por Robson Merieverton
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O corpo humano é cheio de particularidades, se uma coisa não vai bem, ele dá logo um jeito de avisar. É o que acontece com pessoas que estão com elevados índices que ácido úrico.

Elas apresentam “gota” – uma espécie de inflamação que se manifesta na forma de caroço – que aparecem na região das mãos e pés, junto as articulações.

Para tratar desse mal, várias plantas são indicadas, podendo ser consumidas na forma de chá, como é o caso da cardo mariano e garra-do-diabo.

O ácido úrico

Formado a partir da decomposição da purina presente em alguns alimentos, o ácido úrico não causa nenhum problema e é facilmente eliminado pelos rins. Porém, quando existe algum tipo de problema nesse processo, o ácido úrico pode se acumular nos tecidos.

Esse acúmulo resulta na formação da “gota”, provocando dor nas articulações e inflamação. Geralmente, homens e mulheres apresentam um nível de ácido úrico considerado normal: Mulher: 2,4 – 6,0 mg/dL e Homem: 3,4 – 7,0 mg/dL. Quando os problemas são desenvolvidos, os índices estão variando acima desses valores.

Sintomas

Quando uma pessoa desenvolve esse tipo de problema, alguns sintomas são comumente identificados, entre eles: dor, inchaço, vermelhidão e dificuldade em movimentar a articulação.

As que são atingidas com frequência são: os dedos das mãos, tornozelos, joelhos, calcanhar e dedos dos pés.

A variação no ácido úrico também causa uma elevação do pH do sangue. Isso pode afetar diversos órgãos, fazendo cair às defesas do organismo.

Para que seja evitado a variação desses níveis, é indicado que se elimine o consumo de alguns alimentos, tais como sal, açúcar, carnes vermelhas, proteínas animais, de gorduras, embutidos, farinhas refinadas, bebidas gasosas e álcool.

Chás para tratar o ácido úrico

Cardo mariano

saiba-como-fazer-receita-de-cha-para-tratar-acido-urico-cardo-mariano

Foto: Pixabay

É indicado o consumo do chá dessa erva porque ela possui substâncias que protege o fígado e todas as demais funções hepáticas. Através dos antioxidantes, o sangue é limpo, proporcionando a eliminação da purina e dos excessos de proteínas.

Para preparar o chá de cardo mariano, basta ferver duas colheres de sopa da erva para meio litro de água. Depois, é só desligar o fogo e esperar por cerca de cinco minutos. Coe e a bebida está pronta para ser ingerida.

“Garra-do-diabo”

saiba-como-fazer-receita-de-cha-para-tratar-acido-urico-garra-do-diabo

Foto: Pixabay

A erva atua diretamente sobre os músculos e articulações, diminuindo a inflamação causada pelo acúmulo do ácido úrico. Caso você já desenvolva a gota, o chá dessa erva pode melhorar também a mobilidade das articulações.

Para preparar o chá da garra-do-diabo, basta colocar as raízes para secar. Assim que elas estiverem totalmente secas, separe uma porção e coloque para ferver com meio litro de água. Depois de esperar esfriar um pouco, a bebida já pode ser consumida.

Veja mais!