Publicado por Katharyne Bezerra
  • Compartilhe no Google+
  • Compartilhe no Whatsapp

O furúnculo, ou a famosa “cabeça de prego”, é uma infecção causada por uma bactéria chamada staphylococcus aurea. Esse microorganismo age dentro dos folículos pilosos das cavidades por onde saem os pelos. Nessa região, ele se dissemina e então forma a lesão, que afeta tanto homens como mulheres, de todas as idades.

A formação começa do tamanho de uma ervilha, mas pode tomar a proporção de uma bola de golfe. A inflamação resulta em dores fortes, incomodando bastante quem a possui. Pode-se desenvolver em qualquer lugar do corpo, porém tem uma maior tendência de surgir em locais onde ocorrem maiores atritos, como axilas, coxas, virilha, nádegas e pescoços.

Causas da infecção

  • A falta de nutrientes necessários para o bom funcionamento do corpo, é um dos principais motivos para o aparecimento da cabeça de prego;
  • Pode ser uma consequência de uma espinha que não foi curada e acabou se infeccionando mais;
  • Roupas íntimas e calças muitos sujas podem contribuir com o surgimento dessa inflamação, principalmente se essas peças são usadas após a depilação;
  • Falta de higiene;
  • Quando há regiões que estão em constante atrito, como no caso das coxas e das axilas;
  • O uso de produtos de pele, no caso maquiagens, alguns sabonetes ou hidratantes, que possam bloquear os poros;
  • Há também uma associação entre o surgimento do furúnculo e problemas emocionais.
Se livre do furúnculo usando receitas simples e naturais

Foto: Reprodução/ internet

Sintomas da cabeça de prego

Antes de qualquer outro sinal mais visível, a pessoa que desenvolve o furúnculo sente uma coceira na região que irá ser afetada. Logo depois, surge um vermelhão na área e juntamente com a lesão, além de pequenas dores. Essa é a situação inicial da inflamação.

Avançado o estágio, o paciente adquire uma protuberância pequena, que pode vir a desenvolver-se mais tarde e ficar ainda maior. Aos redor do vermelhão, cria-se pus e as dores vão aumentando gradativamente.

Em casos mais graves, a pessoa pode apresentar febre, calafrios, mal-estar em geral e até fadiga. Dependendo do local onde a cabeça de prego se desenvolva, as dores podem ser tão intensas que dificulta movimentos simples, como caminhar, sentar ou abaixar o braço.

Casos graves de furúnculos

Nas situações mais extremas, o simples furúnculo, pode-se transformas em abcessos tanto na parte externa da pele, quanto na medula espinal (abscessos e infecções), cérebro, rins, ou outros órgãos. Por essa razão é importante saber que não se deve, em caso algum espremer ou abrir um corte na região infeccionada, tendo em vista que a situação pode só se agravar.

Porém, se você quer resolver essa situação sem precisar sair de casa, saiba que existem tratamentos caseiros que pode auxiliar na luta contra os furúnculos. Chás, compressas, cataplasmas e sucos ajudam no combate a essa infecção.

Receitas caseiras para se livrar dos furúnculos

Cebola/batata

Corte uma rodela de cebola e deixe-a presa na parte afetada por 24 horas. No dia seguinte, retire-a e, se o pus não tiver sido extraído, repita a ação novamente. Se preferir, você pode adicionar a cebola um dente de alho massado. Essas são umas das técnicas mais infalíveis para curar a cabeça de prego.

Do mesmo modo que você procedeu com a cebola, pode fazer com a batata. Corte-a e prenda o legume ainda cru sobre a área afetada. No outro dia, confira o resultado.   

Chá preto

Usando o chá preto, você pode fazer a compressa com o pacotinho ainda quente ou então com um pano umedecido no líquido. Repita quantas vezes for possível ao dia.

Abóbora

As propriedades da abóbora funcionam em formato de cataplasma, suco ou então na ingestão de suas sementes. Rale uma abóbora e use-a ainda crua no emplastro por duas horas e repetindo duas vezes ao dia. Se preferir tomar o suco, é só misturar uma xícara do líquido com uma colher de limão e tomá-lo todas as manhãs. Já no caso das sementes, é só comê-las durante o dia.

Cataplasma de Salsa

Ferva uma quantidade considerável de salsa e ainda quente aplique-a na região infectada. Repita esse procedimento duas vezes ao dia.

Outros agentes

Pelo menos dois copos de suco de laranja por dia já auxilia no processo de cura. A ingestão de cápsulas de vitamina E e suplementos à base de zinco também contribuem.

Prevenção

Para evitar o surgimento de mais furúnculos é aconselhável uma alimentação mais balanceada e de maior qualidade nutritiva, ajudando o corpo a ficar com imunidade alta.

Além desse processo, é imprescindível que as pessoas tenham mais higiene. Lavar as mãos depois de ir no banheiro e antes de comer. Usar sabonetes antibacterianos e antissépticos.

Veja mais!